'Gmail é o serviço web preferido dos terroristas', diz ex-diretor da CIA e NSA

Por Redação | 18 de Setembro de 2013 às 07h00

Um ex-diretor da CIA (Central Intelligence Agency) e da NSA (National Security Agency) defendeu o programa de monitoramento mundial da internet do governo americano Prism, durante um congresso. Michael Hyden disse que o "Gmail é o serviço web preferido dos terroristas em todo o mundo".

Em sua palestra no evento The Forum, Hyden argumentou a favor da seção 02 do FISA (Ato de Inteligência para Monitoramento de Estrangeiros, na sigla em inglês), que dá permissão legal para o programa de espionagem dos Estados Unidos. No discurso, ele chegou a dizer que a internet é "essencialmente americana" e que, já que tudo passa por servidores baseados nos EUA, o que as agências de inteligência fazem é simplesmente "tirar um foto".

De acordo com o Cnet, o Google se recusou a comentar as declarações de Hyden.

Nesta semana, a presidente Dilma Rousseff cancelou uma viagem aos Estados Unidos por causa da tensão gerada com a questão da espionagem norte-americana. Mesmo depois de uma conversa de 20 minutos por telefone com o presidente Barack Obama na última segunda-feira (16/09), Dilma não recebeu explicações convincentes sobre a espionagem que atingiu a ela e seus assessores, bem como a Petrobras, e milhões de brasileiros.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.