Edward Snowden toma posse do cargo de reitor da Universidade de Glasgow

Por Redação | 26 de Abril de 2014 às 15h52
photo_camera Divulgação

Mesmo asilado há quase um ano na Rússia, o ex-analista da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, Edward Snowden, tomou posse na última quarta-feira (23) do cargo de representante oficial dos estudantes da Universidade de Glasgow, na Escócia. O norte-americano de 30 anos havia sido eleito pelos alunos da instituição em fevereiro deste ano, quando superou concorrentes como o campeão de ciclismo escocês Graeme Obree, o escritor Alan Bissett e o sacerdote Kelvin Holdsworth.

De acordo com a BBC, Snowden ficará no cargo por um período de três anos. Ele participou da cerimônia de posse por meio de uma videoconferência, na qual discursou para estudantes e cerca de 200 funcionários, entre mestres, diretores e professores da entidade. O anúncio aconteceu no auditório Bute da universidade escocesa.

"Obrigado aos estudantes, ao Conselho de Representates dos Estudantes e a todos que participaram das eleições. Estou decepcionado e peço desculpas por não estar presente pessoalmente, mas, infelizmente, descobri que estou impedido de entrar no Reino Unido sob o argumento de que minha presença é considerada prejudicial para o bem público", disse o ex-técnico da NSA.

Snowden afirmou que a eleição da Universidade de Glasgow mostra que os alunos da instituição têm uma opinião diferente, e que sua intenção é dar o melhor de si como reitor. "Independentemente do que o governo diz, hoje, agora, quase um ano depois [de ter revelado o esquema de monitoramento cibernético da agência americana], o que estamos aprendendo é que o público sente algo diferente, que os alunos se sentem diferentes", explicou.

"É uma grande honra a universidade me dar a chance, por meio dos alunos, de servir para o bem público, não só em defesa dos nossos direitos, mas como reitor desta universidade. Em uma democracia, as pessoas têm o direito de conhecer as políticas de seu governo. Essa ideia de que se a gente acredita em algo, devemos defender isso, é o que eu seguirei enquanto ocupe o cargo de reitor da universidade", completou.

Edward Snowden

Edward Snowden discursou via videoconferência para alunos e funcionários. (Foto: Glasgow University)

Jess McGrells, presidente do Conselho de Representantes dos Estudantes da Universidade de Glasgow, disse que os alunos estão felizes que "o Sr. Snowden possa continuar a tradição de discursar para os estudantes durante a cerimônia de posse". Como informa o G1, o reitor também exerce o cargo de "presidente ordinário" da corte, o conselho deliberativo de 25 membros da entidade escocesa. Entre suas principais funções está a presença "esperada" em cinco reuniões anuais, além de outros encontros com o conselho de estudantes para apresentá-los aos diretores da universidade.

Snowden foi eleito com 3.124 votos no primeiro turno e 3.347 no segundo, quando venceu o sacerdote Kelvin Holdsworth, que recebeu 1.563 votos. O ex-técnico da agência de inteligência sucede o ex-líder do partido liberal democrata britânico, Charles Kennedy. Anteriormente, já ocuparam a vaga Winnie Mandela e o israelense Mordechai Vanunu. A universidade destacou que a principal função do reitor é de "representar os interesses dos alunos" e que "a escolha do reitor é inteiramente de responsabilidade dos alunos".

Abaixo, o vídeo do anúncio da vitória de Edward Snowden ao cargo de reitor da Universidade de Glasgow, em fevereiro:

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.