Edward Snowden é indicado ao Prêmio Nobel da Paz

Por Redação | 16 de Julho de 2013 às 13h15

Edward Snowden, ex-funcionário da Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos e responsável pelo vazamento de documentos do programa secreto de espionagem eletrônica PRISM, vive atualmente em uma sala no aeroporto de Sheremetyevo em Moscou, Rússia, e busca por asilo político. Mesmo com toda esta situação complicada, Snowden acaba de ser indicado para o Prêmio Nobel da Paz.

A indicação ao Nobel foi enviada nesta segunda-feira (15) pelo professor sueco Stefan Svallfor, por sua defesa "dos direitos da pessoa humana". Em carta pública, Svallfor explica a indicação afirmando que Edward Snowden fez um "esforço heroico" com "altos custos pessoais" para revelar a existência de sistemas de monitoramento e vigilância ilegais mantidos pelo governo norte-americano.

O professor afirma ainda que a atitude do ex-funcionário da NSA é fundamental para mostrar para outras pessoas que estão envolvidas em casos de abuso e descumprimento dos direitos humanos que elas podem e devem denunciar esses esquemas fraudulentos. Stefan Svallfor citou ainda o caso do julgamento de soldados nazistas em Nuremberg, Alemanha, em 1945, afirmando que o caso deixou claro que afirmar que "eu estava apenas cumprindo ordens" não isenta ninguém de culpa por atos contrários aos direitos humanos.

O prazo final para o envio das indicações para a edição 2013 do Prêmio Nobel da Paz terminou em fevereiro. No entanto, Edward Snowden ainda pode ser considerado para a premiação do próximo ano, quando espera-se que ele já tenha encontrado uma nova residência fixa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.