Retorno da missão Ax-1 é adiado para sábado (23) e atrasa partida da Crew-4

Retorno da missão Ax-1 é adiado para sábado (23) e atrasa partida da Crew-4

Por Danielle Cassita | Editado por Rafael Rigues | 21 de Abril de 2022 às 11h04
SpaceX

Mais uma vez, condições climáticas desfavoráveis forçaram o adiamento do retorno dos tripulantes da missão Ax-1, que só devem deixar a Estação Espacial Internacional (ISS) durante a noite do próximo sábado (23). A cápsula Crew Dragon deverá ser desacoplada do laboratório orbital às 21h35 (horário de Brasília), descendo no oceano no domingo (24), por volta das 14h46. A mudança foi anunciada em um comunicado da NASA, publicado nesta quarta-feira (20).

Este é o terceiro adiamento seguido, sempre causado pelo mau tempo no local de pouso. “A decisão foi tomada com base nas melhores condições climáticas para a amerrissagem (pouso no oceano) da primeira missão privada a visitar a Estação Espacial Internacional”, explicaram os oficiais da NASA, na publicação.

Eles destacaram também que tanto a NASA quanto a Axiom Space, empresa responsável pela missão, estavam preparados para a possibilidade dos tripulantes da Ax-1 precisarem passar mais tempo a bordo do laboratório orbital do que o planejado inicialmente. Por isso, há suprimentos suficientes na estação tanto para eles quanto para os astronautas que já estão por lá. Enquanto não retornam, os membros da Ax-1 devem continuar executando suas tarefas planejadas previamente.

Como assistir ao retorno da Ax-1

A NASA transmitirá ao vivo as atividades de retorno, e a cobertura deve começar às 07h15 (horário de Brasília) do sábado (23); a escotilha deverá ser fechada às 7h30. Depois, a cobertura será retomada às 9h15 daquele dia, acompanhando a desacoplagem da cápsula Crew Dragon. As equipes da missão vão continuar monitorando o tempo nos locais de amerissagem, para garantir condições para um retorno seguro.

A configuração atual da Estação Espacial Internacional, com seis naves acopladas (Imagem: Reprodução/NASA)

Lançamento da missão Crew-4

A ISS está atualmente com todas as "vagas de estacionamento" lotadas. Estão acopladas à estação nada menos do que seis naves espaciais: três russas (Soyuz MS-21, Progress 7 e Progress 80) e três norte-americanas (Cygnus-17, Crew-3 Dragon Endurance e Ax-1 Dragon Endeavour). Dessas, três são capazes de levar tripulantes: Soyuz MS-21, Endurance e Endeavour.

Com o desacoplamento da cápsula Endeavour usada pela missão Ax-1, uma porta de acoplagem do laboratório orbital ficará livre para receber a nave Freedom, com os astronautas da missão Crew-4; esta agora tem lançamento programado para acontecer no dia 26 de abril, com janelas de lançamento adicionais nos dias 27 e 28.

Michael López-Alegría, Larry Connor, Eytan Stibbe e Mark Pathy, membros da missão Ax-1, chegaram à ISS no dia 9 de abril, e originalmente passariam apenas 10 dias no espaço. Durante a estadia no laboratório orbital, eles se dedicaram à condução de experimentos médicos, coletaram dados e participaram de eventos em parceria com instituições na Terra. Esta foi a primeira missão totalmente privada à ISS.

Fonte: NASA; Via: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.