Pequeno asteroide fica perto da Terra nesta quarta (21); não há risco de colisão

Por Patrícia Gnipper | 19 de Outubro de 2020 às 13h45
urikyo33/Pixabay

Asteroides cruzam nosso planeta em suas trajetórias orbitais com certa frequência e, nesta quarta-feira (21), mais um ficará bastante próximo da Terra. O objeto 2020 UA passará a apenas 46 mil quilômetros de nós, algo cerca de 12% da distância média entre a Terra e a Lua.

Com diâmetro estimado entre 5,9 e 13 metros, o objeto foi descoberto no dia 16 de outubro deste ano pelo Mount Lemmon Survey, que faz parte do Catalina Sky Survey (programa de monitoramento espacial gerenciado pela NASA junto à Universidade do Arizona). Tudo isso fica em um observatório posicionado nas Montanhas Catalina, nos Estados Unidos, sendo que este programa é justamente especializado em procurar por asteroides próximos da Terra.

(Imagem: Reprodução/Virtual Telescope Project)

Importante ressaltar que este asteroide não oferece perigo ao nosso planeta, mesmo em sua máxima aproximação nesta semana. Ele passará a uma distância considerada segura e, caso estivesse em rota de colisão, dadas suas dimensões ele seria completamente queimado ao entrar em nossa atmosfera, sem chance de haver choque na superfície.

Enquanto se aproxima, o 2020 UA já foi flagrado por astrônomos. O pessoal do Virtual Telescope, por exemplo, registrou o objeto numa exposição de 300 segundos. Eles rastrearam o movimento aparente do asteroide, desde sua descoberta, e na foto abaixo ele aparece ao lado da seta em meio às estrelas.

(Imagem: Reprodução/Virtual Telescope Project)

Quando esta foto foi tirada, o asteroide estava a cerca de 1,2 milhão de km da Terra. A aproximação máxima dele, na quarta-feira, será na verdade a maior nos próximos 10 anos. Atualmente, ele está na direção da constelação Cetus, a Baleia, e o Virtual Telescope transmitirá a passagem do 2020 UA por aqui. Eles mostrarão em tempo real a posição do objeto por meio de animações geradas com dados científicos.

Para assistir, basta acessar o site do projeto, ou acompanhar tudo pelo vídeo abaixo, cuja transmissão começa amanhã (20) a partir das 18h55 (horário de Brasília):

Fonte: Virtual Telescope (1) e (2), The Sky Live

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.