NASA revela projetos para explorar a superfície da Lua até 2022

Por Natalie Rosa | 09 de Março de 2018 às 13h20
photo_camera Spektrum

A NASA está priorizando suas novas missões de exploração da superfície da Lua, segundo publicação oficial da agência espacial norte-americana.

O projeto, que envolve missões comerciais, faz parte das propostas de orçamento de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, para o ano fiscal de 2019.

Bill Gerstenmaier, que faz parte da equipe de missões de explorações e operações humanas da agência, afirma que a Lua vai representar um papel bastante importante na presença do ser humano no Sistema Solar.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com a NASA, a agência já conta com três parcerias de companhias norte-americanas: Astrobotic Technology of Pittsburgh, Masten Space Systems of Mojave, da Califórnia, e Moon Express of Cape Canaveral, na Flórida. As duas primeiras missões comerciais devem lançar foguetes à Lua até 2022.

O objetivo é entregar cargas na superfícia de nosso satélite natural, entre 500 kg a 1.000 kg, evoluindo para cargas mais pesadas, de 5.000 kg a 6.000 kg, mas estudando e desenvolvendo soluções para um futuro pouso humano, repetindo o feito histórico das missões Apollo, mas, dessa vez, contando com as mais recentes tecnologias para que possamos descobrir ainda mais coisas sobre a Lua.

Até 2020, o objetivo da NASA envolve também a construção de um posto lunar.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.