NASA escolhe vencedores de concurso para projetar rover capaz de explorar Vênus

Por Danielle Cassita | 08 de Julho de 2020 às 16h35
NASA/HeroX/Youssef Ghali
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Em fevereiro deste ano, a NASA criou o concurso Exploring Hell para receber ideias de sensores para a identificação de obstáculos em um rover que irá explorar Vênus. Esse rover vai enfrentar grandes desafios, pois será necessário suportar temperaturas altíssimas e pressões esmagadoras. Agora, os vencedores do concurso foram revelados.

O primeiro colocado foi o egípcio Youssef Ghali, arquiteto e designer de produto. Apaixonado por realizar experimentos com soluções de engenharia, ele segue o princípio de que "a forma segue a função". Seu projeto Venus Feelers foi simples, criativo e funcional. Confira abaixo a representação gráfica do projeto de Ghali:

A NASA recebeu 572 projetos, tanto individuais quanto de equipes, de 82 países ao redor do mundo. As ideias recebidas foram variadas, e tão interessantes que impressionaram Jonathan Sauder, engenheiro mecânico sênior do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA.

Assim, além dos três primeiros colocados, foram abertas colocações para mais dois finalistas e dez menções honrosas. Os três primeiros colocados recebem um prêmio de U$ 15.000, U$ 10.000 e U$ 5.000, respectivamente.

Desafios de alta pressão 

Projetos finalistas no concurso da NASA para desenvolver um rover capaz de explorar Vênus (Imagem: NASA/HeroX)

O rover idealizado pelo JPL recebeu o nome de AREE, sigla para Automaton Rover for Extreme Environments ("Rover Autômato para Ambientes Extremos, em tradução livre). Esse conceito de rover utiliza a locomoção mecânica, e é capaz de realizar sequências complexas de operações e instruções de forma remota.

No projeto, o AREE utilizaria uma pequena turbina eólica que, junto de um sistema, poderia gerar e armazenar energia mecânica para a locomoção. Os componentes eletrônicos mais sensíveis foram substituídos por engrenagens e componentes feitos de materiais altamente resistentes ao calor. Isso permite construir uma máquina mais robusta, que consegue resistir em um ambiente bem hostil por vários meses. Apesar de Vênus ser considerado um planeta "irmão" da Terra, sua pressão atmosférica chega a ser 92 vezes à do nosso planeta ao nível do mar.

Fonte: Nasa, Herox

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.