NASA colocará a sonda Kepler “para dormir” a fim de economizar combustível

Por Redação | 06 de Julho de 2018 às 19h05
Tudo sobre

NASA

A NASA anunciou hoje (6) que colocará a sonda Kepler em modo stand-by por aproximadamente um mês. Segundo a agência espacial estadunidense, a decisão foi tomada após a equipe responsável pela espaçonave observar uma queda considerável na pressão do tanque combustível, o que indicaria que as reservas estão muito baixas – algo que já havia sido alertado pela própria instituição no início do ano.

De acordo com uma publicação oficial, a Kepler será “acordada” no dia 2 de agosto, a fim de que possa ser feito o download de dados coletados durante os últimos 51 dias. Desde o dia 12 de maio, a sonda tem concentrado suas lentes e sensores na direção da constelação de Câncer – particularmente, em uma porção do céu na qual os pesquisadores acreditam que possam existir exoplanetas (planetas que orbitam estrelas que não sejam o Sol).

Uma vez que os dados tenham sido enviados, a Kepler iniciará um novo processo de observação e coleta, com início previsto para o dia 6 de agosto. A missão deve se estender até que acabem as reservas de combustível.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Material coletado pela Kepler desde 2009 deve gerar mais de 1 mil artigos científicos. (Imagem: reprodução/NASA)

Lançada em 7 de março de 2009, a Kepler já ultrapassou consideravelmente a vida útil de três anos prevista pelos projetistas da NASA. No total, a sonda já pode confirmar a existência de 2.650 planetas fora ao Sistema Solar – o que, de acordo com a agência, deve resultar em “mais de 1 mil publicações científicas” ao longo dos próximos anos.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.