NASA coloca para funcionar a nave que pode levar o homem à Marte

Por Redação | 22 de Agosto de 2017 às 16h58
photo_camera Divulgação/NAsA

Apesar de ter admitido que não tem recursos suficientes para levar o homem à Marte dentro do cronograma, que previa o feito para o ano de 2030, a NASA acaba de ligar, pela primeira vez, a nave Orion, que será usada nesse tipo de missão.

De acordo com Gary Napier, que trabalha na Lockheed Martin (responsável pela construção da nave), os circuitos internos da Orion foram colocados para funcionar na manhã de terça-feira (22), e os primeiros testes foram bem-sucedidos. Nos próximos dois meses, a NASA incorporará mais sistemas para seguir com os testes de hardware e software.

O projeto para a construção da Orion vem acontecendo desde 2011, e essa primeira ativação da nave é um marco histórico para a agência, já que a máquina levará humanos para outros lugares do espaço, como Marte, a Lua e além. Espera-se que o primeiro teste de voo da nave, ao redor da Lua, aconteça em 2019, mas ainda sem astronautas a bordo.

Ainda não se sabe quando a Orion estará preparada para transportar humanos, e a NASA precisará correr contra o tempo se quiser realizar o feito antes da SpaceX, de Elon Musk, que também tem planos ambiciosos em andamento para transportar pessoas para o nosso satélite natural, além do Planeta Vermelho. A Blue Origin, de Jeff Bezos, é outra empresa espacial que também vem mirando o transporte de pessoas para a Lua no futuro próximo.

“A Orion foi projetada desde o início para levar a humanidade além no espaço, para onde nunca ninguém foi antes”, disse Mike Hawes, gerente do projeto na Lockheed. “Todos na equipe entendem o quão crucial são os testes, e, mais importante, o que a nave e a missão significa para o país e o futuro da viagem espacial”, completou.

Fonte: CNN

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.