Manual de voo da Apollo 11 usado por Buzz Aldrin será leiloado por até US$ 9 mi

Por Patrícia Gnipper | 26 de Junho de 2019 às 19h00
Christie's
Tudo sobre

Buzz Aldrin

Saiba tudo sobre Buzz Aldrin

Relíquias da exploração espacial que acabam porventura caindo nas mãos de pessoas não-ligadas ao governo costumam ser vendidas em leilões caríssimos. Agora, o manual de voo da Apollo 11 que foi usado pelo astronauta Buzz Aldrin, o segundo a pisar na Lua, está sendo leiloado pela Christie's — e seu preço deve chegar a até US$ 9 milhões.

Antes que o leilão começasse, o manual raríssimo foi exibido em uma redoma de vidro no Living Computers Museum + Labs de Seattle, de onde saiu para ser exibido nesta quinta (25) na Pace Gallery. Dali, a raridade seguirá diretamente para a sede da Christie's em Nova Iorque, onde ficará em exibição pública entre os dias 11 e 17 de julho.

Instruções no manual de voo da Apollo 11 (Foto: Christie's)

O item faz parte de 195 lotes de memorabilia espacial que será leiloado no dia 18 de julho, data que coincide com o cinquentenário da missão Apollo 11. O leilão também terá coisas como manuais de naves espaciais da NASA (como a Mercury e a Gemini), bandeiras, emblemas e dezenas de documentos e fotos assinados por astronautas.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Quanto ao manual de Buzz, Christina Geiger, diretora de livros e manuscritos da Christie's, espera que ele seja vendido por pelo menos US$ 7 milhões, podendo chegar aos esperados US$ 9 mi. O manual contém todas as instruções de cada etapa da sequência do pouso lunar, e exibe as anotações do astronauta quando cada tarefa foi concluída. Aldrin rabiscou ali as coordenadas para o pouso na página 10 — sendo esta a primeira caligrafia feita por um humano em um local fora da Terra.

Anotações de Buzz Aldrin no manual (Foto: Christie's)

Aldrin guardou seu manual por décadas, até que o vendeu para um colecionador privado em 2007. Agora, esse colecionador decidiu leiloar o item às vésperas da comemoração dos 50 anos da lendária missão.

Fonte: Geekwire, Christie's

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.