Helicóptero Ingenuity tem seu primeiro contato com o ambiente de Marte

Por Danielle Cassita | 22 de Março de 2021 às 22h20
NASA/JPL-Caltech
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

O rover Perseverance passou longos meses na viagem com destino a Marte — foi em fevereiro que o veículo pousou na cratera Jezero, levando preso em sua “barriga” o helicóptero Ingenuity, para que essa pequena aeronave tente realizar alguns voos experimentais em Marte. Enquanto não chega o momento de entrar em ação, o Ingenuity foi liberado de seu escudo protetor no último fim de semana, tendo seu primeiro contato com o Planeta Vermelho — o que, claro, foi registrado pelas câmeras do Perseverance.

As informações vêm de uma publicação dos oficiais da NASA, feita na conta do rover no Twitter: “lá se vai o escudo de detritos, e aqui está a nossa primeira visão do helicóptero”, descreveu o tuíte. “Ele ainda está dobrado e preso, então ainda tem algum origami reverso a ser feito antes de colocá-lo no solo”. Antes disso, o rover irá passar alguns dias se deslocando até o “heliponto”, para somente depois posicionar delicadamente o Ingenuity no solo de Marte para voar. Assim, o descarte do escudo é já é uma preparação para esta etapa.

Ainda não há novas informações sobre o local do “heliponto” e do plano de voo que aguarda o Ingenuity, mas a NASA deverá trazer detalhes em uma conferência que será realizada ainda nesta semana. De qualquer forma, o Ingenuity ainda tem alguns dias pela frente para continuar preso ao rover para se manter protegido, e somente depois vai dedicar um mês marciano — ou seja, 31 dias na Terra — para as atividades relacionadas aos voos.

O Ingenuity é, na verdade, uma demonstração de tecnologia: é que, ao contrário do Perseverance, ele não irá realizar estudos científicos em Marte, mas sim tentar realizar os primeiros voos autônomos já feitos em outro planeta por uma aeronave equipada com rotores. A equipe irá realizar uma primeira tentativa e, dependendo dos resultados obtidos, pode tentar algumas manobras mais “ousadas” com o helicóptero. Se tudo correr bem, o Ingenuity poderá abrir o caminho para novas formas de exploração de Marte no futuro e, por que não, de outros mundos do Sistema Solar.

Depois que os voos do Ingenuity forem finalizados, o Perseverance vai se dedicar aos principais objetivos da sua missão. Assim, ele irá iniciar as investigações na área da cratera Jezero para buscar bioassinaturas que, se existirem, podem estar bem preservadas na região. Além disso, o rover também coletará cerca de 40 amostras, que serão distribuídas em tubos. Estes tubos vão ficar em diferentes lugares, para serem coletados no futuro por uma missão feita em uma parceria entre a Agência Espacial Europeia (ESA) e a NASA.

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.