Estudo mostra como a neve se forma em Marte, e há intensas tempestades à noite

Por Redação | 22 de Agosto de 2017 às 14h08

Marte, apesar de ser nosso vizinho no Sistema Solar, é um planeta ainda repleto de mistérios para os seres humanos. Há anos a NASA vem estudando o Planeta Vermelho com sondas em sua órbita e robôs em seu terreno, e há planos de se enviar astronautas para lá em um futuro não muito distante. E esses astronautas, talvez encarem intensas tempestades noturnas de neves por lá.

É o que sugere um estudo publicado no periódico científico Nature Geoscience, cuja pesquisa de dados indica que as tempestades de neve noturnas acontecem de maneira localizada, e se movimenta rapidamente. Isso seria possível graças à formação de nuvens de gelo e água na fina atmosfera marciana, sendo que, à noite, essas partículas se resfriam, causando a instabilidade que pode ocasionar tempestades de neve.

Em 2008, a nave Phoenix, da NASA, encontrou pela primeira vez a ocorrência de neve em Marte, mas o novo estudo revela como a precipitação surge, as maneiras que ela se move, de onde ela vem, e para onde ela vai. Dessa forma, os cientistas da Terra conseguem, cada vez mais, compreender melhor como os fenômenos naturais marcianos ocorrem, a fim de preparar cada vez melhor a ida do homem para Marte.

Fonte: Nature