Estados Unidos podem não ter nenhum astronauta no espaço em 2019

Por Jessica Pinheiro | 12 de Julho de 2018 às 20h50
TUDO SOBRE

NASA

A partir de novembro de 2019, pode ser que a NASA não consiga enviar astronautas norte-americanos ao espaço, de acordo com um relatório do governo dos EUA. O motivo seria o cronograma das empresas responsáveis por levar os astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), a Boeing e SpaceX.

Atualmente, a agência espacial dos EUA depende da Rússia para enviar astronautas à ISS, mas há anos a ideia é deixar essa dependência internacional de lado, contando com as empresas privadas para tal.

O período coincide com o retorno dos últimos astronautas à Terra na nave espacial russa Soyuz. Atualmente, existem três americanos, um alemão e dois russos na ISS, cuja estadia dura em média cinco ou seis meses.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Boeing e a SpaceX estão encarregadas de desenvolver novos sistemas de lançamento desde 2014, porém, o Gabinete de Controladoria do Governo afirmou que ambas as companhas estão atrasadas em seus programas. Isso significa que a certificação das duas empresas privadas demorará algum tempo para sair, com previsão de acontecerem em dezembro de 2019 para a Boeing, e janeiro de 2020 para a SpaceX.

Enquanto isso, a NASA permanece procurando alternativas viáveis e seguras para evitar a interrupção de suas explorações espaciais, correndo o risco de passar até nove meses sem um norte-americano no espaço.

Fonte: Exame

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.