Estação Espacial Internacional recebe 3 astronautas em nova fase de pesquisa

Por Redação | 13 de Setembro de 2017 às 19h15

Depois de um voo de seis horas, os astronautas Mark Vande Hei e Joe Acaba, da Nasa, e Alexander Misurkin, da Roscosmos, a agência espacial da Rússia, chegaram à Estação Espacial Internacional às 23h55 (horário de Brasíla) desta terça-feira (12). 

Os três tripulantes foram enviados a bordo da nave espacial Soyuz MS-06, que partiu da base de lançamento do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. A aeronave orbitou a Terra quatro vezes e atracou na Estação Espacial. 

A chegada de Vande Hei, Acaba e Misurkin restaura a equipe da estação, que é formada por seis astronautas, membros da Expedição 53. O trio se junta ao comandante Randy Bresnik, da Nasa, e aos engenheiros de voo Sergey Ryazanskiy, da Roscosmos, e Paolo Nespoli, da ESA (Agência Espacial Europeia).

Os novos tripulantes da Expedição 53 passarão quatro meses realizando aproximadamente 250 investigações científicas em áreas como biologia, ciência da Terra, pesquisa humana, ciências físicas e desenvolvimento tecnológico.

Bresnik, Ryazanskiy e Nespoli estão programados para permanecerem a bordo da estação até dezembro, e Vande Hei, Acaba e Misurkin deverão retornar em fevereiro de 2018.

Mais de 2.100 investigações

As investigações programadas vão demonstrar os benefícios da fabricação de filamentos de fibra ótica em ambiente de microgravidade, um novo estudo que busca retardar ou reverter a atrofia muscular em astronautas durante o voo espacial e explorar a capacidade de um material ósseo sintético que adere ao metal em poucos minutos para acelerar o reparo do órgão.

A Estação Espacial Internacional está na ativa há mais de 16 anos, um esforço global por onde já passaram mais de 200 pessoas de 18 países e que hospedou mais de 2.100 investigações.

Fonte: Nasa