Essa startup lançará quatro satélites para tornar comunicação na ISS mais rápida

Essa startup lançará quatro satélites para tornar comunicação na ISS mais rápida

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 03 de Agosto de 2021 às 10h10
Reprodução/NASA

A comunicação na Estação Espacial Internacional (ISS) poderá receber um “empurrãozinho” na velocidade. Nesta semana, a startup SpaceLink anunciou que foi selecionada para um contrato com o Center for the Advancement of Science in Space (CASIS), entidade responsável pelo gerenciamento do Laboratório Nacional dos Estados Unidos, na ISS. Assim, a empresa irá realizar uma demonstração financiada de satélites de retransmissão, que oferecem comunicação segura entre naves e o solo.

Ainda não há informações sobre o valor do contrato ou o período de duração da demonstração, mas Rob Singh, diretor de tecnologia da SpaceLink, afirma que a empresa planeja lançar os primeiros satélites em 2024. A ideia é que a empresa crie uma constelação formada por quatro unidades, que ficarão na órbita média da Terra e poderão oferecer serviços a satélites na órbita baixa — a SpaceLink explica que ter satélites em altitudes maiores permite transmitir dados diretamente a qualquer lugar do planeta, em questão de milissegundos.

O objetivo da constelação é transmitir dados continuamente ao solo para acesso imediato, por internet ou algum outro meio seguro (Imagem: Reprodução/SpaceLink)

Assim, essa missão demonstrativa poderá validar o uso de um terminal óptico com velocidade de 10 gigabytes por segundo, que irá permitir chamadas de voz e vídeo em tempo real e transmissão de dados entre a estação espacial, sistemas a bordo, experimentos e comunicações com usuários em solo. Segundo Singh, a rede de retransmissão pode preencher a lacuna deixada pelo sistema Tracking and Data Relay Satellite System (TDRSS), da NASA, que não consegue oferecer conectividade em tempo real.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

David Bettinger, CEO da SpaceLink, considera que a escolha do CASIS marca um avanço importante no caminho trilhado pela empresa, para poderem oferecer banda larga massiva a organizações que precisam de conectividade em tempo real entre o espaço e solo. “Nossa demonstração na ISS é o primeiro passo para provar a capacidade da SpaceLink de avançar a ciência espacial e a economia espacial emergente”, disse, em um comunicado. A empresa foi notificada sobre o acordo com a CASIS no dia 28 de julho e espera que outras informações, como o cronograma do programa e os requisitos, estejam disponíveis nos próximos meses.

Fonte: SpaceLinkSpaceNews

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.