Elon Musk revela que Falcon Heavy pode lançar objetos além de Plutão

Por Redação | 07 de Fevereiro de 2018 às 16h15
Reprodução: Tesla

Nesta terça-feira (6), a SpaceX conseguiu um feito histórico ao lançar com sucesso seu foguete Falcon Heavy. O lançamento aconteceu aos 45 do segundo tempo, após um atraso de mais de duas horas do horário inicialmente previsto, por conta de fortes ventos. Mas deu tudo certo, e quem acompanhou a coisa ao vivo ficou emocionado de ver o poderoso foguete alçando voo, separando seus estágios no ar e, por fim, transportando um Tesla Roadster vermelho para a órbita de Marte (carro este que abriga um traje espacial chamado Starman em seu interior — e para dar ainda mais emoção, tudo aconteceu ao som de Space Oddity, de David Bowie).

Depois do lançamento, o CEO da empresa, Elon Musk, deu uma coletiva de imprensa para dar mais detalhes sobre sua vitória. Na ocasião, ele explicou o que aconteceu com o estágio central dos foguetes, que não voltou à plataforma junto com os outros dois (que, por sinal, pousaram quase que simultaneamente, algo digno de um filme de Hollywood). O estágio central acabou errando o pouso, o que resultou em sua explosão. De qualquer maneira, o saldo para o lançamento foi positivo, com o Tesla Roadster agora rumando ao Cinturão de Asteroides, região entre Marte e Júpiter.

Ao ser questionado quanto ao investimento total da SpaceX para o lançamento do Falcon Heavy, Musk se limitou a dizer que "foi muito maior do que eu gostaria de admitir", revelando que chegou a considerar cancelar o programa por conta de seus enormes desafios. "Provavelmente mais" de meio bilhão de dólares foram investidos na façanha.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já quanto às possibilidades de uso do Falcon Heavy, Musk disse que o foguete-monstro pode ir muito além de Marte, podendo "lançar coisas diretamente para Plutão, e além".

Tá vendo o destaque em vermelho? Ali tem uma miniatura do Tesla Roadster! (Reprodução: SpaceX)

E quanto ao Tesla Roadster? O CEO contou que posicionou um pequeno easter egg escondido no carro. "Se você olhar para o painel, há um pequeno Roadster com um pequeno homem do espaço". E o traje Starman, segundo Musk, levou três anos para ser desenvolvido, e é totalmente funcional, sendo que "você pode simplesmente pular em uma câmara de vácuo com ele e ficar bem".

Planos para o futuro

Elon Musk falou um pouco dos planos futuros da SpaceX. A segunda versão da cápsula Dragon, que pode levar astronautas ao espaço, está quase pronta, com previsão de transportar sua primeira equipe "até o final deste ano". Além disso, a companhia está construindo um navio-drone que pode ser usado para recuperar a Dragon quando a cápsula retornar à Terra.

Já quanto aos planos de ir para Marte, Musk disse que sua nave BFR pode começar a ser testada ainda em 2018, levando de três a quatro anos para que testes em órbita sejam realizados. Com isso, a SpaceX mantém a previsão de levar uma missão ao Planeta Vermelho em 2022.

Assista à coletiva (em inglês):

Fonte: CNet

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.