China lança seu primeiro foguete privado capaz de transportar satélites à órbita

Por Natalie Rosa | 26 de Julho de 2019 às 23h30
Reprodução

A startup chinesa Interstellar Glory Space Technology (iSpace), com sede em Pequim, lançou na última quinta-feira (25) o primeiro foguete privado do país que pode transportar satélites para a órbita da Terra. O lançamento dos primeiros dois satélites por meio do novo foguete comercial aconteceu por volta das 13h, horário de Brasília, a partir de Jiuquian, instalação estadual localizada no deserto de Gobi.

Com apenas três anos de existência, a iSpace é apenas uma das dezenas de companhias chinesas que disputam uma fatia da indústria aeroespacial mundial, que deve chegar a valer US$ 1 trilhão até 2040. Nos Estados Unidos, as companhias que dominam setor são a SpaceX, Boeing e a Blue Origin, mas o foco das startups chinesas está na construção de tecnologias para lançar microssatélites, em vez do turismo espacial.

Imagem: Reprodução

Os satélites que foram enviados ao espaço são pequenos, não chegando nem a medir o tamanho de uma caixa de sapato, e têm a finalidade de monitorar padrões climáticos, locais de desastres ou para fins de pesquisa acadêmica. Costumam ser mais baratos de construir e mais fáceis de instalar em comparação com as versões tradicionais, e acabaram se tornando um mercado altamente lucrativo.

O foguete da iSpace se chama Hyperbola-1, possui 20 metros e atingiu uma altitude de 300 quilômetros.

Fonte: SpaceDaily

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.