Youtuber demonstra em vídeo a colisão de dois buracos negros

Por Redação | 12 de Agosto de 2016 às 21h00

Quando dois buracos negros colidem, é um enorme e violento choque que emite ondas gravitacionais que se espalham pela infinidade do universo, deformando todas as moléculas que ela atravessa. As ondas no entanto, são invisíveis a olho nu. Para dar uma ideia melhor de como o fenômeno se parece, o britânico Steve Mould divulgou um vídeo em que mostra como uma onda gravitacional se comporta.

Mould utiliza um tecido elástico preso a uma armação circular que simula o que conhecemos como tempo-espaço. O apresentador primeiro demonstra como um grande corpo, como um planeta ou buraco negro, pode distorcer o tempo-espaço ao depositar sobre o tecido uma esfera de metal. Com o auxílio de uma broca, Mould demonstra como uma sequência de ondas gravitacionais surgem quando duas rodas orbitam entre si.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

No entanto, a demonstração de Mould não representa o espaço como ele realmente é. Por ser uma estrutura 3D, a demonstração não consegue reproduzir com precisão. Atualmente, cientistas estudam as ondas gravitacionais no Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser (LIGO, em inglês), em Louisiana e Washington, Estados Unidos. Este ano, os equipamentos do LIGO captaram duas colisões de buracos negros a bilhões de anos-luz da Terra.

Esta tecnologia marcou o início de uma nova era da astrofísica, permitindo o estudo do universo a partir da gravidade e aumentando a compreensão da natureza de buracos negros e outros corpos do espaço.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.