YouTube pode ter desistido de produzir conteúdo original

Por Rafael Arbulu | 25 de Março de 2019 às 11h21
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

O YouTube não está mais a fim de brincar: segundo informações da agência de notícias Bloomberg, a rede de vídeos pertencente à Google está se distanciando do mercado de produções originais de entretenimento após o cancelamento de duas de suas séries próprias — Origin e Overthinking with Kat & June — e está efetivamente abrindo mão de concorrer no setor com a Netflix e a Amazon.

Inicialmente, o YouTube Premium (previamente conhecido como YouTube RED) viria com a missão de oferecer conteúdo exclusivo para assinaturas pagas, mudando escopo para patrocínios e acordos de propaganda para seus shows produzidos internamente. Essa novidade, ainda não comentada pela Google, deve mudar ainda mais as coisas: o YouTube Premium, segundo a Bloomberg, continuará disponível, mas apenas voltado ao setor musical. Séries e produções do tipo continuarão, porém, sendo feitas por criadores de conteúdo já famosos na rede, não mais por estrelas de Hollywood.

A notícia vem nos calcanhares da entrada a Apple no setor de oferta de conteúdo pago via streaming. Segundo a agência Reuters, a “Maçã de Cupertino” deve investir aproximadamente US$ 2 bilhões em produções próprias e para trazer figuras mundialmente conhecidas para o seu elenco, como a apresentadora Oprah Winfrey e o ator e diretor Chris Evans (o Capitão América dos filmes da Marvel). Mais além, séries de outras empresas devem figurar no serviço da Apple, como Game of Thrones (HBO) e produções das emissoras Showtime e Starz.

Fonte: Bloomberg; Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.