Walmart quer usar drones para ajudar clientes a acharem produtos nas lojas

Por Redação | 21 de Março de 2017 às 09h08
photo_camera DepositPhotos/lucadp

Imagem: DepositPhotos/lucadp

Você certamente já entrou em um supermercado ou uma grande loja varejista, foi ignorado pelos funcionários e perdeu um tempão procurando por um produto específico. É uma situação bem chata e que fica ainda pior quando a gente descobre que não tem o produto. O que fazer para solucionar esse problema? Usar drones! Pelo menos é isso o que pensa o Walmart.

Em uma patente registrada na semana passada, a gigante varejista descreve como esses pequenos veículos podem ser utilizados em suas lojas para encontrar e buscar produtos para os clientes. Basta dar o comando para a aeronave não-tripulada para ela checar se o produto consta em estoque antes de partir para buscá-lo.

No documento, a rede norte-americana de lojas também explica que o funcionamento dos drones estará restrito ao interior das lojas e que por isso não há necessidade de qualquer tipo de regulamentação pelas entidades responsáveis pelo espaço aéreo. Mas, e como lidar com "tráfego aéreo" dentro da loja?

O documento prevê que os drones usarão sensores e tecnologias de mapeamento tridimensional para garantir que não haja colisões com outros veículos ou até mesmo com as prateleiras das lojas -- e que as cabeças dos consumidores permanecerão intactas, diga-se de passagem.

Não há qualquer previsão de quando ou se os drones realmente chegarão às lojas do Walmart, mas é interessante observar como as grandes lojas estão pensando em cada vez mais automatizar suas operações, seja dentro ou fora das instalações. Bom para nós, consumidores.

Fonte: USPTO, BGR

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.