Virgin Galactic retoma voos testes 2 anos após acidente fatal

Por Redação | 11 de Setembro de 2016 às 12h05
photo_camera Divulgação

Na última sexta-feira (09), a empresa aeroespacial Virgin Galactic realizou o seu primeiro voo teste bem-sucedido desde um acidente fatal ocorrido em outubro de 2014. Na ocasião, a nave da empresa sofreu uma anomalia e explodiu durante um voo teste e o copiloto morreu.

O teste realizado na última semana foi o chamado "captive carry", onde a nave VSS Unity permaneceu acoplada à nave mãe da empresa, a WhiteKnightTwo, durante todo o voo, desde a decolagem até o pouso. A VSS Unity é um veículo concebido para transportar passageiros até o espaço, enquanto a WhiteKnightTwo é um veículo que atua como uma espécie de plataforma de lançamento.

A tripulação do voo contou com os pilotos Mark Stucky e Dave Mackay no comando da VSS Unity e os testes tiveram duração de 3 horas e 43 minutos. "Com esse voo, a nossa equipe vai analisar uma montanha de dados obtidos, aprender o que funcionou bem e o que poderia ser melhorado para o nosso próximo teste. Só quando essa análise for feita, juntamente com inspeções detalhadas dos veículos, planejamento e captive carry, vamos estar prontos para avançar para a próxima fase de voos testes", declarou a empresa por meio de comunicado.

A Virgin Galactic é conhecida pelos seus planos ambiciosos de ser a primeira empresa a oferecer voos comerciais para o espaço.

Fonte: Virgin Galactic

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.