Vídeo mostra como a SpaceX conseguiria levar o homem a Marte

Por Redação | 18.07.2016 às 21:35

Um dos objetivos da SpaceX é explorar comercialmente o espaço e Marte está em seus planos. A companhia de Elon Musk pretende enviar sua primeira missão ao Planeta Vermelho em 2018 com suprimentos para as missões tripuladas previstas para 2024 (antes da missão da NASA, cuja previsão ficou para 2030).

Além disso, o magnata disse ainda que caso sua companhia consiga reduzir o custo individual de uma viagem a Marte para 500 mil dólares, então a SpaceX conseguiria juntar pessoas afortunadas o suficiente para encarar a aventura e, assim, iniciar o processo de colonização do nosso planeta vizinho. Mas qual seria a melhor forma de tornar essa visão ambiciosa em realidade?

O pessoal da Real Engineering publicou um vídeo com pouco mais de oito minutos em seu canal do YouTube explicando exatamente como isso seria possível. Confira:

O vídeo explica que o método mais eficiente para chegar a Marte partindo da Terra, usando a menor quantidade possível de combustível, seria por meio da órbita de transferência de Hohmann – uma órbita elíptica usada para transferir um veículo entre duas órbitas circulares de diferentes altitudes no mesmo plano geométrico. Para tal, utiliza-se dois impulsos: um para transferir a espaçonave à órbita de transferência, e outro para sair dela.

O lançamento envolve esperar até que a Terra esteja em seu ponto mais próximo do Sol, e Marte posicionado cerca de 44,4 graus à frente da nossa órbita. Não é a maneira mais rápida para uma viagem interplanetária dessas, mas esse método seria o jeito mais eficiente de chegar a Marte – e outra boa notícia: os dois planetas se alinham corretamente para um lançamento desse tipo a cada 26 meses. Ou seja, na teoria, seria possível enviar naves com novos tripulantes ao Planeta Vermelho a cada dois anos, em média.

Já para reduzir os custos, uma maneira que a SpaceX já vem desenvolvendo é a utilização de foguetes recicláveis com potencial para serem usados em múltiplas missões. E a companhia de Elon Musk tem tido sucesso com seu Falcon 9, que já levou suprimentos à Estação Espacial Internacional e retornou à Terra em segurança, além de vários pousos bem sucedidos em missões em caráter de teste, como o realizado nesta segunda-feira (18), em que um Falcon 9 pousou com sucesso em terra firme na Flórida (Estados Unidos).

Via: Popular Mechanics