São Paulo retoma filmagens audiovisuais em locais públicos, mas com restrições

Por Wagner Wakka | 13 de Julho de 2020 às 12h39
SamMobile

A Prefeitura de São Paulo retomou a concessão para filmagens e gravações em espaços públicos na capital paulista. A decisão vem por meio da Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo (Spcine) e da São Paulo Film Commission. Para isso, as produções precisam respeitar três diferentes protocolos. 

As novas normas exigem que as produções tenham diárias e períodos complementares para higienização do espaço e limpeza. No caso de espaços abertos, é preciso isolar o ambiente antes. 

Outra mudança é relacionada a veículos. Nos casos de locomoção, é preciso que o transporte também seja higienizado, com o menor número de pessoas possível. Os protocolos agora também proíbem preparos de alimento no local de gravação. 

“Apenas alimentos de consumo imediato, com embalagens devidamente higienizadas e em local reservado apenas para este fim, podem ser consumidos. Todos os materiais e utensílios devem ser descartáveis e individuais e manuseados apenas por profissionais destinados a essa função. Caso necessário, devem ser estipulados períodos escalonados para as refeições”, aponta nota. 

Segundo comunicado do Spcine, a retomada das gravações precisa estar de acordo com Protocolo Geral de Reabertura do Governo do Estado, além dos Protocolo de Segurança e Saúde no Trabalho do Audiovisual e o Protocolo de Filmagens e Gravações em Espaços Públicos. Os documentos completos estão disponíveis no site do São Paulo Film Commission. 

Fonte: Spcine

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.