Rússia está em busca de cosmonautas para mandar Homem de volta à Lua

Por Redação | 16.03.2017 às 09:19

Conhecida popularmente como Roscomos, a Agência Espacial Russa está planejando uma nova expedição tripulada à Lua e recentemente começou a recrutar potenciais cosmonautas.

Na campanha de recrutamento, a Roscomos diz estar em busca de seis a oito candidatos com experiência em engenharia, aviação e/ou na indústria espacial. Após a seleção inicial, os candidatos passarão por uma bateria de testes psicotécnicos, físicos e médicos.

Dessa fase de testes intensivos, oito serão selecionados e serão submetidos a um treino rigoroso para definir quem serão os quatro cosmonautas que vão pilotar a nova e reutilizável nave Federatsiya.

Apesar de aparentemente estar em busca apenas de profissionais extremamente capacitados, a agência definiu algumas características físicas para filtrar as inscrições. Por exemplo, foi definido que os candidatos não podem ter mais de 35 anos, ter altura entre 1,50 e 1,88 metros e pesar menos de 90 quilos. Também é exigido que os candidatos tenham aptidão física condizente com a situação.

Segundo Sergei Krikalyov, diretor executivo para as missões tripuladas da Roscomos, as restrições param por aí e não haverá "qualquer discriminação racial ou de gênero na seleção de candidatos".

Por fim, a agência russa disse que o plano é aterrissar na Lua em 2031 e que uma missão tripulada de testes será realizada em 2023.

Fonte: Seeker