Pesquisadores mapeiam a localização dos servidores da Netflix pelo mundo

Por Redação | 17 de Agosto de 2016 às 13h38

A Netflix é o principal serviço de streaming do mundo na atualidade e, como você já deve imaginar, ela envia uma quantidade absurda de dados para os seus clientes todos os dias. Para se ter uma ideia, estima-se que a Netflix sozinha tenha sido responsável por 37% do tráfego de toda a internet mundial durante o ano de 2015, o que definitivamente não é pouca coisa.

Mas o que talvez muita gente sequer tenha parado para pensar é que a Netflix, assim como a maioria dos serviços de internet da atualidade, não concentra todos os seus dados em um único datacenter. Isso significa que são vários servidores espalhados pelo mundo todo que servem como porta de saída dos milhões de terabytes enviados para os clientes da empresa. Mas algo que sempre intrigou os interessados no tema é: onde ficam os servidores da Netflix? Pesquisadores da Queen Mary University of London (QMUL), da Inglaterra, resolveram ir atrás da resposta.

Cientistas da Faculdade de Ciência da Computação e Engenharia Eletrônica da QMUL fizeram o caminho inverso e investigaram o trajeto feito pelos dados recebidos nas transmissões da Netflix nos computadores da universidade. Com isso, eles identificaram pacotes vindo de diferentes localidades do mundo e, a partir disso, estudaram também o tráfego distribuído pelos servidores CDN (redes de fornecimento de conteúdo) em cada região na qual atuam.

O resultado da pesquisa foi a identificação de 233 servidores em diferentes localizações do globo, todos eles espalhados pelos seis continentes. A maior parte deles está nos Estados Unidos, com a Europa em segundo lugar e a Ásia em terceiro. Há apenas dois servidores na Oceania, um na África e três na América do Sul (todos eles no Brasil).

Servidores Netflix

Servidores da Netflix espalhados pelo mundo. (Foto: Reprodução)

Nos EUA, há oito regiões que contam com mais de 100 servidores distribuindo dados, também pudera, o país norte-americano é o maior consumidor da Netlflix no mundo, fora o fato de que estes mesmos servidores devem servir de apoio para a transmissão de dados para outras localidades. No Brasil, são três datacenters: dois com menos de 10 servidores e um com menos de 100 servidores CDN.

Parcerias com provedores

E vale ressaltar que os valores descritos acima incluem apenas os servidores contratados pela Netflix para realizar exclusivamente a transferência de dados entre as suas centrais e as máquinas de seus clientes. Há ainda uma série de servidores que a Netflix opera junto das provedoras de internet — e eles, por exemplo, são bem numerosos em todo o continente americano e também na Europa.

Servidores Netflix

Servidores da Netflix operados em parceria com os provedores de internet. (Foto: Reprodução)

O Brasil conta com vários deles, o que é perfeitamente justificável, visto que o país é o quinto do mundo com mais assinantes da Netflix, atrás apenas de Estados Unidos, México, Reino Unido e Canadá. Por aqui, a GVT (atual Vivo) é quem mais possui servidores operados em parceria com a Netflix: 43 ao todo. Em segundo lugar está a Oi, com 28, seguida da TIM, com 5, e da Algar, com 4.

Você pode conferir o estudo completo (em PDF e em inglês) clicando neste link.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.