Os melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online (15/05/2021)

Por Laísa Trojaike | Editado por Jones Oliveira | 15 de Maio de 2021 às 19h30
Netflix/Disney+/Amazon Prime Video

Os cinemas estão voltando com tudo e cada vez mais vemos que os anúncios são de que os grandes títulos não serão lançados online. Para quem ainda está traumatizado com aquela cena do cinema em Epidemia (1995), a nossa lista de melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online traz o que há de melhor entre as novidades que chegaram às plataformas de streaming e VOD do Brasil.

Nesta semana, temos algumas animações, para adultos e crianças, além da última temporada de uma série animada que foi sucesso na Netflix. Tem ainda um bocado de ficção científica, fantasia, terror, romance e um filme brasileiro fora dos padrões. Como sempre, não poderia faltar drama, o que inclui um recente vencedor do Oscar e uma série que adapta o livro de Colson Whitehead, vencedor do Pulitzer em 2020.

Ficou curioso para saber que filmes e séries são esses? Então dá uma olhada nas nossas dicas do que assistir online neste final de semana. Para facilitar ainda mais a sua vida, o Canaltech sempre acrescenta trailer e uma pequena descrição de cada produção, além de incluir os links para os serviços em que elas estão disponíveis, assim o seu trabalho é basicamente apenas apertar o play. Veja quais te agradam, prepare a sala, reúna toda a família e divirta-se!

10. Memórias de um Amor

Drama, romance... ficção científica. Uma mistura de gêneros que não vemos muito em grandes blockbusters, mas que encontra diversos representantes entre os filmes indie, como Memórias de um Amor. Baseado em um conto de Aja Gabel, Memórias de um Amor conta com um roteiro adaptado de Mattson Tomlin, que também assina o filme Power, da Netflix, e os vindouros The Batman e Mega Man.

A direção é de Chad Hartigan, que dirigiu o episódio "Boris" de Room 104, e Memórias de um Amor ainda conta com Olivia Cooke (Jogador Nº 1) e Jack O'Connell (Invencível) interpretando o casal protagonista. Na trama, o “casal luta para manter seu relacionamento enquanto um vírus de perda de memória se espalha e ameaça apagar a história do seu amor”.

Memórias de um Amor pode ser comprado ou alugado na Play Store, no iTunes e na Microsoft Store.

Leia também: Dez filmes sensacionais de ficção científica que não são tão conhecidos assim

9. A Visita

M. Night Shyamalan voltou a ser cultuado como o grande diretor que é depois que Fragmentado viralizou em 2016. Para muitos, o nome do diretor era sinônimo de filme ruim, já que muitos consideraram que sua carreira foi ladeira abaixo após Fim dos Tempos, O Último Mestre do Ar e, principalmente, Depois da Terra. Dois anos após o último título, Shyamalan reapareceu com um terror de baixíssimo orçamento, provando que ele só precisava de uma boa ideia na cabeça e uma câmera na mão para arrepiar os pelos da nossa nuca.

A Visita passou despercebido por muita gente e é um filme realmente impressionante: assustador e misterioso na medida certa, com um final imprevisível no nível de grandes filmes do diretor, como O Sexto Sentido e A Vila. Para quem adora o formato falso-documentário/found footage, A Visita ainda soa como um marco do formato, ao conseguir fazer um terror tão incrível quanto o do título mais clássico do recurso, A Bruxa de Blair.

A Visita está nos catálogos do Telecine e do NOW, pode ser alugado no Claro Video e está disponível para aluguel ou compra na Play Store.

Leia também:

8. Love, Death & Robots — 2ª Temporada

Quem viu a primeira temporada de Love, Death & Robots (Amor, Morte & Robôs), sabe que, apesar de serem episódios curtos e animados, o conteúdo é nada leve, mesmo quando a história parece simples e divertida. Os curtas passam por diversos gêneros, com alguns destaques para ficção científica, ação e comédia. Seja qual for o gênero ou o tipo de animação, cada história reserva um universo de reflexões e emoções para os espectadores.

A segunda temporada chegou com curtas de Jennifer Yuh Nelson (Kung Fu Panda 2), Robert Valley (Invencível), Tim Miller (Deadpool) e outros, além de ter a presença de Michael B. Jordan (Pantera Negra) no elenco da dublagem original de "Life Hutch".

A segunda temporada de Love, Death & Robots tem oito episódios e todos eles já estão disponíveis para streaming na Netflix.

Leia também:

7. Boi Neon

Mais uma sugestão para a lista “Quem foi que disse que o Brasil não faz filme bom?”. Boi Neon foi dirigido por Gabriel Mascaro, que depois desse sucesso bugou a mente dos fãs com a estranha distopia evangélica(?) Divino Amor. O que importa é que Boi Neon é um dos melhores filmes brasileiros dos últimos anos, conquistando inúmeros prêmios nacional e internacionalmente.

No longa, o excelente Juliano Cazarré (Avenida Brasil) interpreta Iremar, um trabalhador no interior do Nordeste que alimenta o sonho de se tornar um estilista das vaquejadas nas quais trabalha. Além de Cazarré, o elenco conta ainda com Maeve Jinkings, de O Som ao Redor e Aquarius.

Boi Neon entrou para o catálogo da Netflix, mas também pode ser comprado ou alugado no iTunes e no Looke.

Leia também:

6. Judas e o Messias Negro

Judas e o Messias Negro esteve no último Oscar, onde ganhou as estatuetas de Melhor Ator Coadjuvante para Daniel Kaluuya e Melhor Canção Original ("Fight for You"), além de ter concorrido às categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro Original, Melhor Ator (LaKeith Stanfield) e Melhor Cinefotografia.

Na trama, um informante do FBI, se infiltra no Partido dos Panteras Negras de Illinois e tem a tarefa de vigiar seu carismático líder, o presidente Fred Hampton, mas acaba enfrentando um dilema: incriminar Hampton e os Panteras a todo custo, seguindo as ordens de J. Edgar Hoover, diretor do FBI, ou fazer a coisa certa?

Judas e o Messias Negro pode ser assistido pelos assinantes do NOW e está disponível para aluguel ou compra na Play Store. No Looke, o título pode ser alugado e, na Microsoft Store, está disponível apenas para compra.

Leia também:

5. Oxigênio

Fãs dos trashes mais pops provavelmente conhecem o nome de Alexandre Aja, que amadureceu muito a sua direção com Predadores Assassinos. Em Oxigênio, ele trabalha com a atriz Mélanie Laurent, de Bastardos Inglórios, para contar a história de uma mulher que acorda em uma câmara de criogenia sem fazer ideia de como chegou lá. Para piorar, ela está ficando sem oxigênio e precisa encontrar uma forma de recuperar sua memória e se livrar desse pesadelo.

Agoniante, não? Apesar da sinopse bastante ficção científica, a classificação de gênero revela que algum elemento surpresa está escondido em Oxigênio, já que o filme é classificado também como uma fantasia. A Netflix acredita também no suspense do filme, colocando este título entre suas principais estreias do gênero para este ano.

Oxigênio estreou com exclusividade na Netflix.

Leia também:

4. The Underground Railroad — 1ª Temporada

The Underground Railroad: Os Caminhos Para a Liberdade, de Colson Whitehead, não é um livro muito conhecido aqui no Brasil, ainda que tenha ganhado excelentes edições nos últimos anos. A obra está na lista de diversas personalidades, como Barack Obama, que chegou a dizer que The Underground Railroad é um “lembrete das maneiras pelas quais a dor da escravidão se transmite através das gerações, não apenas de forma aberta, mas em como muda mentes e corações”.

Agora, o Amazon Prime Video estreia a adaptação homônima, cuja série tem todos os seus episódios dirigidos por Barry Jenkins, de Se a Rua Beale Falasse e Moonlight: Sob a Luz do Luar. No elenco, Thuso Mbedu interpreta Cora, a protagonista, ao lado de Chase Dillon e Joel Edgerton (Bright).

The Underground Railroad: Os Caminhos Para a Liberdade estreou no Amazon Prime Video.

Leia também:

3. Raya e o Último Dragão

Raya e o Último Dragão tinha estreado no Disney+ há algum tempo, mas era preciso pagar um extra para assistir através do Premier Access. Para os assinantes do Disney+, o título agora está disponível como todos os demais, “de graça” no catálogo de animações. Raya e o Último Dragão é daqueles filmes que certamente lotaria as lojas com produtos de dragões-unicórnios, um efeito que não veremos por causa da pandemia.

Deixando os desejos de consumo de lado, Raya e o Último Dragão é uma animação maravilhosa, como costumam ser os filmes da marca. Com uma nova princesa, étnica e super independente, o filme começa a ampliar o universo feminino Disney e admite várias outras representatividades femininas, com guerras psicológicas internas super complexas e bem construídas. Além de um filme maravilhoso e repleto de ensinamentos, a animação também é belíssima e super divertida. Está esperando o que para assistir?

Raya e o Último Dragão está disponível no Disney+, onde continua disponível para ser comprado por não-assinantes.

Leia também:

2. Castlevania — Temporada 4

A quarta temporada de Castlevania trouxe mais 10 episódios para encerrar a série, ou seja, esta é a temporada final dessa animação estadunidense (que, embora pareça, não é um anime). A história traz Drácula como vilão e, por ser uma adaptação da série de jogos homônima, traz alguns dos personagens mais icônicos dos games, como Alucard.

No primeiro episódio da quarta temporada, “Belmont e Sypha continuam a batalha contra feras leais ao Drácula, enquanto Alucard recebe um convidado. Quem é o convidado? Precisamos assistir para saber.

As quatro temporadas de Castlevania podem ser assistidas na Netflix.

Leia também:

1. A Mulher na Janela

Cancelado pelas editoras, mas não por Hollywood, o autor A.J. Finn teve seu livro adaptado para o cinema, com direito à direção de Joe Wright (Orgulho & Preconceito) e um elenco com Amy Adams (A Chegada), Gary Oldman (Mank) e Anthony Mackie (Falcão e o Soldado Invernal). Com um histórico bem complicado, não é surpresa que a trama de A Mulher na Janela soe familiar: já vimos essa história antes, em Janela Indiscreta (1954), de Alfred Hitchcock, que adaptou um conto de Cornell Woolrich.

Enquanto o outro filme trazia um fotógrafo impossibilitado de sair de casa porque está se recuperando de um acidente, A Mulher na Janela traz Adams no papel de uma mulher com agorafobia vivendo em New York. Ao espionar seus vizinhos, ela acredita presenciar um terrível crime. Curiosamente, outro filme que trazia a mesma temática, Paranóia (2007), foi acusado de plágio. Apesar disso tudo, A Mulher na Janela é uma das principais estreias não apenas da semana e da Netflix, mas de todo o mês, em todas as plataformas.

A Mulher na Janela estreou na Netflix.

Leia também:

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.