O espetáculo das auroras boreais visto da Estação Espacial Internacional

Por Redação | 29 de Julho de 2016 às 09h29
photo_camera NASA

O campo magnético da Terra não somente nos protege contra os perigos do vento solar, como também oferece um verdadeiro espetáculo de luzes coloridas que se movimentam em uma dança quase que mágica. Esse fenômeno atrai uma imensidão de turistas às regiões próximas dos polos do planeta (onde a aurora boreal pode ser vista), mas também chama a atenção dos astronautas que vivem na Estação Espacial Internacional (ISS).

Jeff Williams, astronauta da NASA, é um dos que gastam uns minutinhos observando o espetáculo de luzes lá do alto. Em um novo vídeo publicado nesta quinta (27) em seu perfil no Twitter, o astronauta norte-americano mostra 33 segundos de como é avistar a ocorrência da aurora boreal lá da ISS.

Williams já havia publicado um vídeo incrível mostrando a aurora boreal lá do alto há cerca de duas semanas na mesma rede social:

E Scott Kelly, astronauta que viveu na ISS por 340 dias durante a "One Year Mission" (missão que levou astronautas para viver no espaço por um ano a fim de realizar experiências científicas e cultivar plantas e alimentos) lembra com saudades de quando podia assistir às auroras boreais a bordo da Estação Espacial Internacional.

A aurora boreal, também conhecida como aurora polar, é um fenômeno óptico composto por um brilho colorido que pode ser observado nos céus noturnos nas regiões polares. A aurora acontece em decorrência do impacto de partículas do vento solar com a atmosfera da Terra, canalizadas pelo nosso campo magnético. O fenômeno ocorre normalmente entre setembro e outubro, e depois entre março e abril. É importante frisar que esse não é um espetáculo exclusivo do nosso planeta: as auroras boreais também acontecem em outros planetas que contam com campos magnéticos poderosos, como Júpiter e Saturno, por exemplo. No vídeo abaixo, produzido pela NASA, vemos a aurora boreal do maior planeta do Sistema Solar:

Via: Mashable

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.