Netflix passa a fazer parte das buscas universais do Android TV

Por Redação | 24.06.2016 às 12:00 - atualizado em 24.06.2016 às 18:53

Os donos de televisores com o sistema operacional Android estão prestes a ganhar mais uma praticidade. O Google, que desenvolve o sistema operacional para smart TVs, anunciou que a Netflix é o mais novo serviço a entrar no rol de acessíveis pelo sistema de busca universal, tornando-o parte ainda mais integrante da experiência com entretenimento e conteúdo.

O objetivo das buscas universais é concentrar todas as sugestões possíveis sobre um determinado conteúdo assim que o usuário pesquisa por ele. Dessa forma, ao digitar o nome de um filme, por exemplo, o Android TV é capaz de mostrar resultados a partir de aplicativos instalados, serviços assinados e também elementos online, como trailers ou até plataformas em que um filme, por exemplo, pode estar disponível para compra ou gratuitamente.

Uma vez localizado o conteúdo em questão, é possível acessá-lo imediatamente, com o sistema operacional realizando todo o trabalho de inicialização de apps, login e transmissão. A busca pode ser feita tanto por voz quanto por texto, pelo controle remoto da televisão ou por meio de um smartphone, e também dá sugestões caso aquele item específico não seja localizado.

Disponível desde os primórdios do Android TV, o sistema de buscas universais ainda não abrangia a Netflix, uma situação bastante estranha, levando-se em conta que estamos falando de um dos serviços de streaming mais populares do mundo. Tudo, entretanto, está prestes a mudar, apesar de o Google, ao revelar a novidade, não ter dito exatamente quando ela entrará em funcionamento.

Não se sabe, também, se a adição acontecerá por meio de uma atualização do Android TV ou do aplicativo da Netflix. Como a boa nova foi revelada pelo perfil do sistema operacional no Twitter, pode ser que se trate do primeiro caso, mas a resposta exata ainda é desconhecida. Enquanto isso, por mais que seja plenamente funcional e dê acesso a todo o portfólio de conteúdo, o software do serviço de streaming para smart TVs do Google permanece há um ano sem updates.

Fonte: Google