Netflix não vai exibir conteúdos da TV Cultura — ao menos por enquanto

Por Fidel Forato | 21 de Novembro de 2019 às 20h10
aawsat
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

Infelizmente, não foi desta vez que a TV Cultura firmou uma parceria inédita no mercado de streaming. Em viagem para Los Angeles, na Califórnia, o governador do estado de São Paulo, João Doria, está visitando estúdios de cinema e de seriados americanos, como as instalações da Warner e da Netflix. Pelo Twitter, Doria contou que a plataforma de streaming já confirmou um novo investimento de R$ 350 milhões em conteúdos brasileiros, o que acontecerá no ano que vem.

Também pelo Twitter, Doria disse que “propusemos também parceria entre a Netflix Brasil e a TV Cultura para as produções no Estado de São Paulo; esta proposta pode aquecer o mercado audiovisual e gerar mais empregos para profissionais da área.”

Contudo, a Netflix não aceitou a proposta — ao menos no momento. "Em reunião com o governador de São Paulo João Doria em Los Angeles ontem, nós reforçamos nosso compromisso de investir R$ 350 milhões em séries e filmes feitos no Brasil no próximo ano. Nós temos muitos parceiros no país e recebemos a proposta de parceria com a TV Cultura feita pelo governador, mas não temos planos de trabalhar com eles neste momento", afirmou um porta-voz da Netflix para o UOL.

Não foi desta vez que os assinantes da Netflix terão acesso aos programas da Tv Cultura (Foto: TV Cultura)

Segundo o executivo da companhia, Adrien Muselet, diretor de aquisição de conteúdo do serviço de streaming, a Netflix planeja investir no ano que vem em filmes como Modo Avião, com Larissa Manoela, além da comédia romântica Ricos de Amor, com Danilo Mesquita e Giovanna Lancellotti. A Netflix já obteve bons resultados com com produções brasileiras, segundo afirmou o executivo Muselet. E entre os destaques lançados em 2019, estão Irmandade, O Escolhido, Coisa Mais Linda, Sintonia e 3%.

“O conteúdo brasileiro funciona muito bem no Brasil e o que vemos é que, quando a história é muito boa e bem realizada, a tendência é funcionar também fora do Brasil", afirma Muselet, justificando os novos investimentos.

Fonte: Uol

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.