Netflix explica a importância da trilha sonora em Luke Cage

Por Redação | 01 de Setembro de 2016 às 15h29
photo_camera Divulgação

A nova série da Marvel estreia na Netflix no próximo dia 30 de setembro e traz uma pegada um pouco diferente daquilo que já vimos até então. Um dos grandes destaques de Luke Cage não é apenas o fato de ele ser o primeiro herói negro a ganhar uma série de TV, mas o fato de isso estar incorporado também nas músicas do seriado. E, para mostrar isso, a Netflix trouxe um vídeo que mostra como essa trilha sonora se relaciona com o personagem e aquilo que veremos em sua história.

Como explica o diretor musical do programa, Adrian Younge, a lógica foi fazer com que cada episódio de Luke Cage funcionasse como um álbum. Tanto que cada um dos capítulos foi batizado com o nome de uma música do grupo Gang Starr, um dos mais influente do hip-hop norte-americano. Essa influência já mostra o quanto a trilha sonora tem um peso sobre a narrativa da série.

O próprio protagonista valoriza esse aspecto. De acordo com Mike Colter, a batida criada pelas músicas ajuda a criar o mundo do seriado. Como outro produtor aponta, isso porque a batida do hip-hop é bem mais agitada e o que a série tentou fazer foi acompanhar isso em termos de cenas e acontecimentos. É uma forma diferenciada de levar o espectador para dentro daquela realidade. Afinal, Luke Cage é tão urbano quanto esse estilo de música.

Entre as referências citadas como as bases para o seriado estão os grupos A Tribe Called Quest e Wu-Tang Clan, além de coisas mais clássicas, como Ennio Morricone. Essa estranha combinação, segundo a equipe responsável, foi de criar algo incrível não apenas para a comunidade negra ou de minorias, mas para o público em geral — e todos os envolvidos estão muito orgulhosos de terem feito as coisas dessa forma.

A primeira temporada de Luke Cage chega à Netflix no próximo dia 30 de setembro e traz todos os seus 13 episódios de uma só vez. Em outras palavras, eis uma excelente oportunidade para você sentar e fazer aquela maratona — além de preparar aquela playlist para ouvir e dançar depois.

Via: Netflix (Twitter)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.