10 filmes de suspense instigantes para assistir no Amazon Prime Video

Por Laísa Trojaike | 29 de Abril de 2020 às 09h35
Paramount Pictures

Suspense tem a ver com curiosidade, com estar instigado com a resolução de uma trama e, quanto mais complexa ela for, maior a excitação e satisfação do espectador com o desfecho. Em qualquer gênero, no entanto, há variações, modos diferentes de abordar as "regras" instituídas ao longo dos anos por obras que se tornaram canônicas.

Pelo caráter misterioso do próprio gênero, os diretores de suspense costumam inserir nos filmes pistas para a resolução da trama. Essas pistas estão no filme quase como easter eggs e muitas vezes vale a pena ver o filme novamente só para vermos o que deixamos passar quando não sabíamos do final.

O Amazon Prime Video conta com títulos de peso no catálogo, alguns deles já tendo atingido o status de clássicos contemporâneos, de modo que a sugestão é para todos: quem ainda não assistiu, pode conhecer; quem já viu, pode assistir novamente com um olhar mais analítico. Sem mais delongas, vamos à lista de 10 filmes de suspense instigantes para assistir no Amazon Prime Video.

10. Os Selvagens da Noite

Um dos maiores clássicos cult de todos os tempos, Warriors, Selvagens da Noite (como está no catálogo do Prime Video) é muito mais um filme de ação. A ideia de uma gangue que acreditava na união e na paz, e que acaba inocentemente acusada por um assassinato, tendo de percorrer um caminho longo sendo perseguida pela polícia e por outras diversas gangs, tem sua parcela de suspense: não sabemos se os “heróis” da história conseguirão chegar ilesos em casa.

Embora o filme seja pouco violento para os padrões contemporâneos, é possível perceber a tensão das ruas. Não é exatamente um filme que deixará o espectador contemporâneo apreensivo, mas precisamos viajar no tempo para entender o significado do filme para a época.

Leia também: 10 filmes cults que você precisa assistir no streaming do Telecine

9. Os Oito Odiados

Quentin Tarantino é um diretor com o dom de criar tensão através dos diálogos e não seria diferente em Os Oito Odiados, um excelente pastiche de grandes faroestes e, como tal, repleto de conflitos entre pessoas que não pensam muito antes de sacar suas armas e resolver os “problemas”.

Presos em uma casa durante uma nevasca, o filme é uma crescente constante de estresse e nervosismo. A direção de Tarantino adiciona uma sensação de claustrofobia que pode encontrar um potencializador no espectador que passou pelo período de isolamento durante a pandemia.

Leia também: 10 filmes dirigidos por Quentin Tarantino para assistir online

8. O Segredo dos Seus Olhos

Investigação criminal, com doses geniais de romance e comédia, O Segredo dos Seus Olhos é um dos maiores títulos de suspense da contemporaneidade. Imensamente elogiado e premiado, o filme ainda flerta com o absurdo e com o realismo fantástico, mantendo o espectador intrigado até os momentos finais da trama.

O roteiro, escrito por Eduardo Sacheri e Juan José Campanella, também mostra o período historicamente tenso da ditadura argentina e surpreende o espectador com reviravoltas. Direção de arte, fotografia, maquiagem, som e as demais categorias técnicas estão impecáveis e, se não são objeto de contemplação do espectador, servem perfeitamente à imersão e ao envolvimento com a história, que tem ainda uma enorme influência hitchcockiana.

7. Clube da Luta

A primeira regra do Clube da Luta é: você não fala sobre o Clube da Luta.

Ao contrário de muitos suspenses, que empolgam mais o nosso lado racional, Clube da Luta é quase uma injeção de adrenalina e os louros disso são do diretor David Fincher, que consegue nos enganar e ainda agradecemos imensamente por isso. Aliado a isso, as atuações de Edward Norton, Brad Pitt e Helena Bonham Carter criaram personagens que entraram para a cultura pop quase que instantaneamente.

Cortes rápidos, montagem insana, violência e situações catárticas para muitos trabalhadores entediados, fazem de Clube da Luta um dos maiores e mais cativantes títulos do gênero, ao lado de outros grandes suspenses de Fincher: Seven: Os Sete Crimes Capitais (1995), O Quarto do Pânico (2002), Zodíaco (2007) e Garota Exemplar (2014).

6. Amores Brutos

O primeiro longa-metragem de Alejandro G. Iñárritu é uma verdadeira obra-prima e um soco no estômago. Com a estética saturada e crua de um filme de baixíssimo orçamento, o roteiro de Guillermo Arriaga ganha uma vida ainda mais realista.

Além da situação tensa em que cada personagem se encontra, o suspense do filme ainda recai em como cada uma das histórias irá se cruzar, efeito que a dupla diretor-roteirista voltaria a criar em Babel (2006).

5. Tubarão

Tubarão era um filme que tinha tudo para dar errado e ser mais um trash de tubarão, que, se desse certo como pretendia ser feito a princípio, poderia se tornar no máximo um terror cultuado por fãs de filmes B.

Steven Spielberg, no entanto, embora jovem, sabia ouvir e foi graças à icônica trilha sonora de John Williams e à montagem de Verna Fields que Tubarão se tornou um dos maiores filmes do gênero. O tema criado por Williams é essencial para insinuar a presença do animal, que tem suas aparições reduzidas no corte final do filme e é justamente essa opção de montagem que ajuda a criar os grandes momentos de tensão.

Leia também: 10 filmes clássicos imperdíveis para assistir online

4. Precisamos Falar Sobre o Kevin

Quando o mal é algo alheio ao nosso cotidiano, algo que vem de fora e inesperadamente, como um assassino, por exemplo, o suspense é muito mais impessoal. A ideia de um suspense familiar, no qual uma mãe vive em constante tensão pelo filho que parece ser o próprio mal personificado, é outro nível de suspense: não há para onde fugir e, pior, um filho é uma responsabilidade de uma mãe.

A direção de Lynne Ramsay é ao mesmo tempo fria e sensível: a sensibilidade do conforto familiar encontrando a frieza da maldade pura e injustificada. Mas nada disso teria valia sem as atuações primorosas de Tilda Swinton e Ezra Miller. Para completar, a direção de arte de Judy Becker, aliada à fotografia de Seamus McGarvey, transforma o filme em um verdadeiro deleite estético.

Leia também: 10 filmes premiados para assistir no Amazon Prime Video

3. Ilha do Medo

Um suspense dirigido por um dos maiores cineastas da história é muito mais que um grande filme e merece ser visto no mínimo duas vezes. O espectador interessado em mais do que uma história surpreendente de mistério, encontrará no primeiro contato um roteiro absolutamente surpreendente e, ao assistir pela segunda vez, poderá procurar por todas as pistas que o diretor deixa como migalhas de pão espalhadas pelo quadro.

Ilha do Medo é um verdadeiro quebra-cabeças para quem gosta de brincar de detetive no conforto do sofá. Para aqueles que preferem se deixar levar pelo engano, para extrair o melhor da experiência dos plot twists, podem contar com as atuações do elenco de peso, que conta com nomes como Leonardo DiCaprio, Mark Ruffalo, Ben Kingsley, Max von Sydow e Michelle Williams.

Leia também: Os 5 melhores filmes de suspense disponíveis na Netflix

2. Amnésia

O Ministério da Saúde adverte: este filme pode causar nós neurais. Christopher Nolan e seu irmão, Jonathan, não são conhecidos por fazer filmes fáceis de serem digeridos, mas Memento (como está no catálogo do Prime Video) é a máxima expressão da complexidade deles.

A dificuldade, aqui, não está apenas em desvendar o mistério junto ao protagonista, mas também em entender a linha cronológica proposta pelo filme. Visto linearmente (e é possível encontrar essa versão em edições especiais em DVD ou Blu-ray), a história não é exatamente complexa, mas a montagem proposta por Nolan e executada por Dody Dorn tonam o filme um verdadeiro desafio. Aliás, aconselho não piscar se não quiser perder as pistas.

Leia também: A Origem mostra que cinema não tem fronteiras nem limites

1. O Sacrifício do Cervo Sagrado

Os filmes de Yorgos Lanthimos são todos estranhos para quem está acostumado com filmes que emulam a realidade, mas é justamente essa característica que transforma os seus filmes em suspenses: os personagens são tão avessos ao previsível que é impossível saber se suas reações irão melhorar ou piorar a situação.

Além dos diálogos que beiram o absurdo, os tempos de silêncio inseridos pela direção e potencializados pelas atuações contribuem tanto para o desconforto quanto para a tensão. O estranhamento, que pode ser inclusive hilário, não demora a dar espaço para a tensão e logo nos vemos apreensivos com a situação.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.