IBM Watson e Marchesa desenvolvem vestido cognitivo para evento beneficente

Por Redação | 03 de Maio de 2016 às 05h15

Anualmente, o Metropolitan Museum of Art, localizado em Nova Iorque, organiza um baile de gala com a intenção de arrecadar fundos para seu Costume Institute, onde expõe itens icônicos da moda internacional de diversas épocas. Em 2016, o baile seguiu o tema “A Moda na Era da Tecnologia”, e a supermodel Karolina Kurkova foi um dos destaques do evento com seu vestido cognitivo confeccionado pela Marchesa em parceria com a IBM Watson.

O vestido foi feito com luzes LED que piscam e mudam de cor de acordo com as emoções sentidas pela modelo enquanto o público conversava sobre o evento no Twitter, e foi criado para mostrar como artistas e designers podem se unir à tecnologia para criar novidades criativas. As emoções monitoradas foram paixão, alegria, curiosidade, coragem e empolgação, e podemos ver o vestido "em ação" no vídeo publicado no Twitter da modelo:

“Quando você era jovem e imaginava um vestido que seria de outro mundo, você imaginaria que ele seria feito de tecidos que mudassem de cores ou que se iluminavam. Teria esse componente mágico, e agora isso é possível”, disse Georgina Chapman, da Marchesa.

Outro vestido que literalmente brilhou no baile foi o usado pela atriz Claire Danes, criado pelo estilista Zac Posen. À luz, a peça parece um vestido comum, mas quando no escuro, ele brilha como se fosse um item saído diretamente de um conto de fadas.

vestido Zac Posen

Claire Danes em seu vestido criado por Zac Posen (Reprodução: Getty Images)

Fonte: IBM/Think

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.