Fim dos maus tratos: Cavalos serão substituídos por carros elétricos no Rio

Por Redação | 19.05.2016 às 21:58

Após dois anos de negociação, a prefeitura do Rio de Janeiro, atendendo a uma decisão judicial, retirou nesta quinta-feira (19) os 31 cavalos que eram utilizados em charretes na Ilha de Paquetá. Para substituir os animais, as pessoas que trabalhavam no transporte a partir de agora dirigirão carros elétricos, semelhantes aos usados em campos de golfe.

De acordo com Reinaldo Veloso, presidente da comissão de proteção aos animais da OAB, a luta foi incessante: "hoje é um dia muito especial para todos nós. Hoje é um dia de muita alegria porque o Rio está sendo exemplo para o Brasil inteiro.” Os cavalos foram levados para uma fazenda modelo localizada na Zona Oeste do Estado, em Guaratiba, onde receberão microchips de identificação e serão examinados e avaliados por equipes de veterinários.

Os cuidados serão intensos, já que as condições a que os animais estavam submetidos eram péssimas. Segundo as informações divulgadas, durante a perícia foram encontradas diversas irregularidades, como maus tratos, lesões nas patas dos cavalos, doenças crônicas por conta de umidade, problemas de coluna, entre tantas outras questões. Nas palavras de Veloso, "um verdadeiro laudo do terror”.

A decisão diante de tanto sofrimento mostra um final feliz para os animais que, finalmente, foram beneficiados pelo uso da tecnologia.

Fonte: G1