Fãs de Harry Potter, se preparem! A capa da invisibilidade vem ai!

Por Redação | 19.07.2016 às 09:21 - atualizado em 19.07.2016 às 18:29

Fãs de Harry Potter se preparem: a capa da invisibilidade vem ai! Cientistas conseguiram fazer um objeto praticamente desaparecer usando uma espécie de manto parecido com o descrito pela autora J.K. Rowling em sua saga de livros do mundo mágico. Na história contada ao longo de 7 livros, a capa permitiu que Harry e seus amigos escapassem de vários perigos ao longo da aventura.

Mas, na verdade, parece que ainda vai demorar um pouco para isso se tornar realidade. Pesquisadores da Queen Mary University of London fizeram uma parceria com algumas indústrias do Reino Unido e exibiram recentemente um dispositivo que permite que superfícies curvas pareçam ser planas para ondas eletromagnéticas. Ainda não é realmente uma capa da invisibilidade, mas pode trazer esse artefato mágico para a realidade dentro de alguns anos.

harry potter

Harry Potter e A Pedra Filosofal: testando a capa da invisibilidade

Segundo Yang Hao, professor da universidade envolvido no trabalho, o experimento foi baseado na transformação óptica, conceito por trás da ideia da capa da invisibilidade. Apesar de ainda não tornar um objeto completamente invisível, o aparato chega perto disso. Para alcançar esse resultado, os pesquisadores revestiram uma superfície curvada com uma forma de nanocompósito feito por até 7 camadas diferentes, as quais possuem propriedades elétricas que variam de acordo com a posição delas. Com o uso de ondas eletromagnéticas e a partir do distinto comportamento em cada uma das 7 camadas do material, eles conseguiram fazer com que objetos curvos parecessem planos.

capa da invisibilidade

Na primeira imagem a propagação das ondas eletromagnéticas é afetada pelo objeto; na segunda, a capa da invisibilidade praticamente elimina a interferência

No começo da pesquisa, a técnica só funcionava para apenas uma determinada frequência. Entretanto, pouco tempo depois, descobriram que o espectro de frequência possível de ser utilizado é bem mais amplo do que o esperado. Dessa forma, a tecnologia em desenvolvimento poderá ser bastante útil em diversas áreas da indústria, como na produção de antenas de diversos tamanhos e formatos e na indústria espacial.

A pesquisa ainda está em desenvolvimento e não existe uma previsão exata para chegar ao mercado. Até lá, os fãs do bruxo mais famoso do mundo terão de ficar sonhando com a tão desejada relíquia da morte.