Estados Unidos e China fecham acordo para evitar guerra especial

Por Redação | 23 de Novembro de 2015 às 10h35

Estados Unidos e China estão unindo esforços para evitar problemas técnicos em seus avanços espaciais. De acordo com o subsecretário de Estado para Controle de Armas dos Estados Unidos, Frank Rose, o país norte-americano iniciou uma ampla comunicação com a China para que ambos países estejam atentos ao que acontece no espaço e possam colaborar mutuamente em ambos os interesses.

Essa linha de comunicação permite que as duas nações compartilhem facilmente informações sobre as atividades que realizam no espaço. A medida de China e Estados Unidos também auxilia agências militares a discutir "possíveis colisões, abordagens ou testes".

Segundo Rose, antes do acordo, era necessário "enviar notificações para os chineses através do Ministério dos Negócios Estrangeiros". O processo de qualquer petição passava pelo JSpOC (Joint Operations Center Space), Pentágono e Departamento de Estado antes de seguir para a Embaixada dos EUA em Pequim e depois para o Ministério responsável no país asiático.

Este sistema de comunicação entre China e Estados Unidos só está sendo criado agora devido a um crescente poder no espaço. É cada vez mais importante para as nações envolvidas terem participação estratégica com satélites em órbita. Em 2007, a China explodiu um satélite durante um teste de um sistema de armas antissatélite. Em tempos de guerra, a destruição de satélites em órbita poderia proporcionar uma vantagem significativa, desativando habilidades de coordenação e esforços de inteligência.

O progresso comunicativo entre as duas nações não é a único a estar sendo desenvolvido. Outras nações estudam criar um tratado espacial internacional que evite a acumulação de armas além da atmosfera terrestre.

Fonte: Financial Times

Fonte: http://www.theverge.com/2015/11/22/9779798/us-and-china-now-have-a-space-hotline-to-avoid-satellite-warfare

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.