Embraer faz voo inaugural do maior avião comercial já produzido pela empresa

Por Redação | 31.03.2017 às 09:29

Três meses antes do esperado, a Embraer realizou nesta quinta-feira (30) o voo inaugural do E195-E2, o maior avião comercial já fabricado pela companhia. A aeronave partiu de São José dos Campos, onde fica a sede da montadora, e voou durante duas horas, de forma a fazer uma verificação final de desempenho, estabilidade e comportamento dos sistemas automatizados.

O modelo promete um custo por viagem 20% menor do que a média das aeronaves de mesmo porte. Além disso, o avião tem redução semelhante nos valores de manutenção e representa uma economia de 24% no consumo de combustível, sendo citado pela Embraer como uma das aeronaves mais eficientes de seu portfólio.

Como o custo por assento é semelhante ao de aviões maiores, a Embraer decidiu não fechar o E195-E2 em um nicho específico, indicando-o tanto para companhias regionais em processo de expansão quanto para a frota de empresas de baixo custo, que podem utilizá-lo em suas linhas principais. O modelo tem, de acordo com a fabricante, o valor total mais competitivo de toda a indústria aeronáutica.

A Embraer já possui contrato fechado com a Azul, uma das principais companhias aéreas nacionais, e o E195-E2 deve começar a operar em 2019. Até lá, a aeronave passará por todo o processo de certificação, com protótipos sendo usados para testes de aerodinâmica e desempenho, além da validação de tarefas de manutenção e interior.

O avião permite duas configurações internas, com 120 lugares divididos em duas classes, ou 146 assentos em uma única categoria. O modelo permite viagens de até 4.500 quilômetros, um aumento de mais de 800 quilômetros em relação ao E190-E2, um dos principais modelos em operação da Embraer.

Fonte: Embraer