DJ tem computador roubado, engana ladrão pelo WhatsApp e recupera a máquina

Por Redação | 15.07.2016 às 09:33
photo_camera Telegraph

Se você já teve um computador danificado ou roubado, sabe como isso pode ser um grande transtorno. Caso você dependa da máquina para trabalhar, o problema é ainda maior, e resolvê-lo provavelmente demandará ainda mais empenho financeiro. Gustavo Reis, um DJ conhecido na cena cultural de Belo Horizonte como Zubreu, passou por algo assim. Seria apenas mais uma história de equipamento roubado, mas o desfecho desta história é mais feliz do que a maioria dos causos como este.

Tudo começou quando, após uma noite de trabalho, Zubreu deixou seu equipamento no porta-malas do carro, parado em uma rua mais calma logo atrás do bar em que acabou de se apresentar. Ele voltou para o bar, tomou um drinque e foi embora para a casa da namorada, de onde sairia no outro dia cedo para seguir viagem — obviamente sem conferir se seu material ainda estava no veículo.

“De manhã, a surpresa: nada no porta-malas”, escreve o artista no site da BBC Brasil. Ele então resolve publicar a lista de materiais no Facebook, algo comum quando algum músico tem seus equipamentos roubados. Alguém sugeriu que ele desse uma olhada no site OLX, no qual pessoas de várias partes do país vendem produtos novos e usados, e foi o que ele fez. Depois de algumas buscas, ele de fato encontrou aquele que parecia ser o seu produto.

“Numa rápida navegação pelo site de vendas, notei que todos os Macs usados à venda tinham foto com número de série e configurações. Chequei os dados daquela máquina e tive certeza: era a minha”, registra o DJ. Zubreu então convocou a ajuda da namorada e do irmão, que também começaram a dar lances no equipamento a fim de facilitar a negociação para ele.

Tentativas frustradas de prisão e Mac recuperado

Zubreu foi à polícia e deu as coordenadas todas para os policiais avisando sobre o caso. Contudo, o “vendedor” havia sumido e o DJ já suspeitava o motivo: ele não deveria ter conseguido desbloquear a máquina. Ao fazer contato com o sujeito, Zubreu informou que conseguia tirar a senha do aparelho e combinou de pegar o Mac roubado com o ladrão.

“Na hora marcada, o homem, que se identificava como Juliano, não desceu do carro”, relata o DJ. “Fomos até o carro dele e combinamos o serviço. Ele me mostrou o laptop com a tela bloqueada e perguntou se precisava do carregador. Aquela peça com remendo no fio não deixava dúvida, era o meu computador - o que depois confirmei pelo número de série”.

Após pegar o gadget e combinar de devolvê-lo mais tarde, Zubreu avisou novamente os policiais, que foram à paisana até o local. Na hora da entrega, porém, o “vendedor” desconfiou da presença de pessoas suspeitas na área e não apareceu mais. “(Você) Armou para mim. Esse cara aí é polícia”, escreveu ele para o artista. O DJ negou, pois a ideia ainda era tentar recuperar outros itens, mas ele já havia se dado por satisfeito por ter recuperado a peça principal, e provavelmente mais cara, do seu conjunto de trabalho.

Fonte: BBC Brasil