Siga o @canaltech no instagram

Descubra quanto você gasta com entretenimento digital

Por Redação

Há algum tempo, não havia tantas opções de entretenimento digital por assinatura como temos atualmente. Basicamente, tudo começou com a Netflix, mas com a chegada de serviços como Apple Music, Spotify, entre outros, uma série de “miniassinaturas” começaram a se acumular em suas contas mensais, certo?

Pagamos uma taxa mensal que, geralmente, não pesa no bolso e nos permite assistir filmes, ouvir músicas, guardar nossos arquivos e nos envolver com outros tipos de mídias. Porém, subitamente, essas contas podem estar se acumulando sem você perceber.

As empresas estão cada vez mais empenhadas em conseguir o número do seu cartão de crédito para inseri-lo em seu sistema de pagamentos recorrentes. Em breve, nossos extratos bancários vão mostrar um número razoável de serviços como esses. E nós nem estamos incluindo assinaturas de TV, por exemplo, nessa mistura, mas apenas serviços on-demand.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Se você ainda não havia percebido que, aos poucos, entre um período grátis de testes e outro, está acumulando diversas "miniassinaturas", é bom começar a prestar mais atenção. Para descobrir quanto você tem gastado, em média, com alguns serviços bem populares, o Wall Street Journal fez uma espécie de questionário que calcula os gastos com cada serviço.

A página também serve como uma forma de pesquisar quais são os serviços mais assinados pelos internautas. De acordo com os resultados obtidos até agora, a média de miniassinaturas de cada leitor do site do jornal é de 5 serviços.

Para utilizar a ferramenta, basta acessar a página do jornal e assinalar cada serviço que você utiliza e clicar em "Submit" para ter um resumo de seus gastos com entretenimento digital. Lembrando que o site utiliza os valores cobrados nos Estados Unidos.

Assinaturas digitais

Qual foi o seu resultado?

Fonte: The Wall Street Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.