Com série de Cristiano Ronaldo e Neymar, DAZN quer trazer público ao seu serviço

Por Wagner Wakka | 18 de Setembro de 2019 às 11h55
Captura/YouTube

Enquanto Netflix, Amazon, HBO e outras brigam por assinantes para suas plataformas de streaming, uma companhia está caminhando por fora em um mercado de nicho. O DAZN é um serviço voltado para amantes de esportes, com foco em jogos ao vivo e também conteúdos exclusivos sob demanda.

Fundada há três anos, a plataforma chegou ao mercado brasileiro somente em março de 2019. Com tão pouco tempo, já conseguiu se projetar como a principal no ramo de esportes. Por aqui, claro, o ponto forte é o futebol.

A empresa conta com transmissões ao vivo e sob demanda de jogos da Sul-Americana, Série C e Paulistão Sub-20 que contam com times brasileiros. Contudo, em competições de outros países, oferece partidas da Série A (Itália), Premier League (Inglaterra) e Ligue 1 (França). Ainda nos menores, traz J-League (Japão) e Major League Soccer (Estados Unidos).

Por aqui, a companhia enfrenta ainda enfrenta um embate complicado para abraçar os melhores campeonatos. Os direitos de transmissão de jogos nacionais do Brasileirão estão divididos em dois ramos. No campo da TV, há compra dos principais jogos pela Globo e emissoras de TV fechada. Contudo, na internet, o espaço está dividido entre jogos para o Esporte Interativo e até Facebook. Entrando agora, a DAZN vai ter de buscar licenciamentos para poder transmitir esses jogos em sua plataforma.

É por isso que a empresa não só investe em conteúdos ao vivo. Como outros serviços de streaming, o grupo sabe que precisa de material exclusivo para convencer o usuário a entrar para a sua plataforma.

“Entendemos que o conteúdo cria uma visibilidade para a plataforma. É um modo de colocar a marca no mercado e trazer pessoas para assinar o serviço. Essa é a estratégia”, conta Grant Best, que carrega o cargo de SVP Original Programming & Content Development no DAZN, em entrevista ao Canaltech. Em suma, é ele quem coordena os conteúdos que vão para o serviço.

Assim, o DAZN já trabalha alguns formatos para seus assinantes. O primeiro é o Versus, uma série que mostra dois lados de uma situação de confronto esportiva. Uma delas foi lançada em agosto, no confronto entre Corinthians x Fluminense nas quartas de final da Copa Sul-Americana.

A empresa apresentou uma série com três episódios mostrando os bastidores do confronto entre as equipes.

Atualmente, explica Grant, também há outra série do formato Versus em desenvolvimento, esta sobre o bom desempenho do Flamengo em 2019. Ambos conteúdos são voltados para o mercado brasileiro, sem adaptação para lançamento no exterior.

Contudo, o grande lançamento da empresa é o The Making Of. Trata-se de uma série de nove episódios que contam a história de momentos épicos de três grandes nomes do futebol: José Mourinho, um dos mais renomados técnicos do esporte, e os craques Cristiano Ronaldo e Neymar Jr.

Eles foram convidados a contar as três histórias mais marcantes de suas carreiras e mostrar porque elas são tão importantes. Como os três são falantes de português, o conteúdo já chega praticamente adaptado para o nosso mercado (embora haja legenda para Mourinho e Ronaldo).

“Nós queríamos que eles fizessem a entrevista na língua nativa. Eu já entrevistei Cristiano Ronaldo várias vezes. Geralmente, em inglês, e é legal. Mas o que ele contou em sua língua natal é excelente”, explica Grant.

Na série, eles são colocados na frente de um telão com as partidas e relembram os momentos em comentários. Segundo o produtor, os convidados tiveram autonomia para apontar as partidas que queriam. “A ideia foi criar um ambiente em que eles estão olhando para uma versão mais nova de si mesmo. Foi bem interessante o resultado”, aponta Grant.

Em um dos episódios, Mourinho relembra uma partida em que comandava o Porto, em 2004. O jogo era válido pela Champions League contra o Manchester United, quando o time português venceu com um gol no final.

Já Neymar Jr. falou sobre uma partida pelo Santos em que fez o gol mais bonito do ano contra o Flamengo, em 2011. Foi esse jogo que lhe rendeu o prêmio Puskas, que escolhe o melhor gol em todos os campeonatos no ano.

As entrevistas também trazem a participação de jornalistas, torcedores e outros jogadores que estiveram no gramado, como John O’Shea, Rafael Alcântara, Fernando Santos, Roberto Carlos e Júlio César.

Assim como o Versus, a ideia é que The Making Of se transforme em um formato. Ou seja, a empresa quer fazer mais entrevistas com outras celebridades do esporte.

Atualmente, segundo Grant, os episódios de 25 minutos já foram assistidos por “milhões de pessoas na plataforma”, sem especificar números. The Making of é exclusivo para assinantes do DAZN.

Mercado

Embora o DAZN ande em um caminho paralelo às grandes companhias, algumas empresas já começam a mostrar interesse no ramo de futebol. Uma delas é a Disney, que vai lançar o seu serviço de streaming este ano.

A companhia comprou gigantes do mercado recentemente, entre eles, a Fox. Além disso, ela já tem o domínio sobre o canal de TV ESPN. Assim, em abril deste ano, ela já sinalizou que quer oferecer conteúdos do ESPN+ com o pacote do Disney+.

Como que o DAZN encara essa movimentação? “Nós sabemos que atualmente somos líderes no segmento apenas com 3 anos de existência. Isso nos dá muito conforto. Neste sentido, vemos com um olhar muito positivo a entrada de outros players no mercado. É mais gente que conhece serviços como o nosso”, aponta Thiago Massari, VP de Comunicação e Relacionamento da empresa.

A companhia também quer ampliar seu portfólio de produtos exclusivos. Será que veremos a entrada de conteúdos de games na plataforma, com eSports?

“Todos esportes estão no radar. Essas produções foram propostas nossas, mas estamos abertos a ideias de parceiros. Esportes eletrônicos têm muita história a oferecer, mas ainda precisamos saber o que contar”, finaliza Grant.

O DAZN está disponível no Brasil por uma assinatura mensal de R$ 37,90, com um mês grátis para testes. O serviço é compatível com aplicativos de TVs da LG, Samsung, consoles e Apple TV.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.