Bigelow Space e ULA anunciam parceria para o envio de estação espacial inflável

Por Redação | 13 de Abril de 2016 às 06h15
photo_camera Divulgação

O último lançamento da SpaceX serviu para levar suprimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS), além de um módulo inflável que será testado pelos astronautas em órbita pelos próximos dois anos - período em que será avaliado como o módulo vai suportar às tensões do espaço. A expansão, que serve como um novo ambiente a ser acoplado, foi construída pela Bigelow Space, que anunciou parceria com a ULA - United Launch Alliance - para enviar estações espaciais infláveis ainda maiores.

Chamado de B330, o novo módulo é capaz de adicionar 330 metros cúbicos à ISS. Além disso, o anexo exigirá a utilização de foguetes Atlas V, o único com capacidade para fazer o transporte. Essa informação dá indícios de que foi esse um dos principais motivos para a parceria ter sido feita com a ULA e não com outra companhia.

Além de expandir o tamanho da ISS, o B330 pode ser unido a outros módulos, formando estações espaciais independentes. A expectativa é de que no futuro elas possam servir inclusive para o uso de empresas e outras instituições por meio do pagamento de aluguel. O envio do primeiro módulo deverá ser feito em 2020.

Via: Engadget

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.