Astrônomos podem ter descoberto uma 'segunda Terra', diz revista

Por Redação | 18.08.2016 às 20:07

A revista alemã Der Spiegel publicou um artigo que está despertando polêmica entre a comunidade científica internacional. De acordo com as informações vazadas por uma fonte anônima, astrônomos do Observatório Europeu do Sul (ESO) descobriram um exoplaneta bastante semelhante à Terra. Caso os dados sejam verdadeiros, o novo planeta orbita a Proxima Centauri, a estrela anã vermelha mais próxima ao nosso Sol, a apenas 4,22 anos-luz de distância.

É comum ouvirmos sobre novas descobertas de planetas potencialmente habitáveis, mas o que está intrigando os especialistas é que o novo planeta apresenta condições favoráveis à vida como nós conhecemos. “Acredita-se que o planeta ainda sem nome pareça com a Terra e orbite Proxima Centauri a uma distância que permitiria a existência de água em sua superfície — um requisito importante para o surgimento de vida”, esclareceu a fonte da reportagem. Ainda segundo suas informações, os astrônomos deverão anunciar a novidade no final deste mês.

Pela proximidade do Sistema Solar, um dos pontos que estão gerando entusiasmo é a possibilidade de visitar o planeta sem nome. Stephen Hawking e o russo Yuri Milner estão trabalhando no projeto Breakthrough Starshot, em que serão investidos US$ 100 milhões para o desenvolvimento de nanonaves super rápidas. Caso a iniciativa se concretize, as primeiras espaçonaves poderiam chegar ao sistema Alpha Cantauri em 20 anos. Claro que ainda estamos longe disso, mas é importante saber que a tecnologia já está em desenvolvimento, e que, portanto, é possível que esse tipo de viagem deixe de ser tema de ficção científica e passe a integrar a realidade.

Procurado pela imprensa, o ESO se recusou a comentar o assunto e disse desconhecer as informações. “Estamos surpresos com a matéria da Der Spiegel e não sabemos qual é a sua fonte”, disse um porta-voz.

Fonte: Gizmodo, Galileu