Academia do Oscar abrirá museu com visitas virtuais e presenciais em setembro

Por Laísa Trojaike | Editado por Patrícia Gnipper | 20 de Março de 2021 às 14h00
Academy Museum of Motion Pictures

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas irá abrir as portas do seu Academy Museum of Motion Pictures em setembro e as exposições não estarão disponíveis apenas para quem visitar Los Angeles. O Academy Museum está sendo promovido em todo o mundo, o que é possibilitado por ferramentas que permitirão visitas virtuais ao museu.

O Academy Museum terá seu espaço físico aberto em 30 de setembro de 2021, mesmo que isso signifique iniciar as atividades em meio à pandemia. Segundo Bill Kramer, Diretor e Presidente do Academy Museum of Motion Pictures, o museu já está preparado para receber os visitantes respeitando os protocolos de segurança, com controle do número de visitantes, centrais de higienização, distanciamento e demais medidas sanitárias necessárias.

Tomada aérea do Academy Museum of Motion Pictures (Imagem: Reprodução/Academy Museum Foundation)

Os atrativos do museu já começam pelo próprio prédio, que foi completamente pensado com vistas a fornecer experiências ímpares para os visitantes. Com um total de 28 mil metros quadrados, o museu é um campus de dois edifícios projetado pelo arquiteto Renzo Piano, vencedor do Prêmio Pritzker.

Idealizado por quase um século, o museu chega transbordando história, arte e homenagens em todos os detalhes. No espaço interno, o museu oferece uma experiência que é iniciada com os princípios e raízes do cinema e vão até exposições montadas em conjunto com artistas como o diretor Spike Lee, que trouxe para o museu parte da sua coleção pessoal.

Academy Museum of Motion Pictures, Renderização exterior  (Imagem: Reprodução/Renzo Piano Building Workshop/Academy
Museum Foundation/L’Autre

Em declaração oficial, a Diretora Artística e de Programação do Academy Museum Jacqueline Stewart falou sobre a abertura do museu:

Estamos trabalhando intensamente na preparação do Academy Museum e estamos prontos para receber os visitantes, primeiro virtualmente e, em setembro, presencialmente. Os programas que estamos lançando para nossa inauguração são dinâmicos, diversificados e profundamente enraizados na história e na arte da produção cinematográfica. Homenageando lendas de Hollywood, aprofundando o conhecimento do processo de trabalho de profissionais do cinema ou abordando questões de raça, gênero, sexualidade e desigualdade que permeiam a história do cinema, esses programas usarão o poder dos filmes e das histórias de cineastas para ampliar a visão e a mente das pessoas.

Exibições

A declaração de Stewart demonstra a preocupação do Academy Museum em não apagar da sua história os pontos mais polêmicos, controversos e, em alguns casos, até mesmo vergonhosos da academia. Durante a apresentação, guiada pela voz da atriz Laura Dern, a Academia deixa clara a sua intenção de não ocultar os fatos. O museu mostrará não apenas a história do cinema enquanto técnica, mas também enquanto arte, de modo que não poderia ignorar o fator social nessa equação.

Figurino criado por Julie Weiss para a personagem Frida Kahlo interpretada por Salma Hayek em Frida (2002) (Imagem: Reprodução/Fotografia de Joshua White, JWPictures/Academy Museum Foundation)

Na apresentação, a voz de Laura Dern nos conduz por amostras da justiça histórica à qual o Academy Museum se propõe. Passando por "histórias problemáticas", "exemplos de como o cabelo e a maquiagem foram usados para perpetuar os estereótipos raciais nos filmes" e "abordando questões de raça, gênero, sexualidade e desigualdade que permeiam a história do cinema", o Academy Museum não foge da briga e faz questão de que a história não seja esquecida, o que é essencial para que jamais seja repetida.

As exibições estão organizadas de modo a oferecer experiências imersivas para os visitantes. Com uma curadoria impressionante, as mostras passam por diversos setores da produção cinematográfica, apresentando diretores, equipamentos, animatronics, maquiagens, figurinos, peças raras e artigos icônicos, como os robôs R2-D2 e C-3PO, que fazem parte da coleção. Suspenso no teto, um item especial: “Bruce, o Tubarão, o maior objeto da coleção do museu e único tubarão sobrevivente, feito do molde original de 7,62 metros usados para construir os efeitos especiais de Tubarão”.

Instalação do "Tubarão Bruce" no Academy Museum of Motion Pictures em Los Angeles (Imagem: Reprodução/Academy Museum Foundation)

Entre as atrações presenciais, o Academy Museum incluiu também a Experiência do Oscar, que é uma sala especialmente montada com tecnologias de realidade aumentada para proporcionar aos visitantes a emocionante experiência de subir no palco do Teatro Dolby e receber uma estatueta do Oscar.

Ainda não foram divulgados os horários de funcionamento do Academy Museum e tampouco foram revelados os valores dos ingressos (virtuais ou presenciais), detalhes que serão especificados em breve, segundo informações da Academia.

Mais informações (em inglês) podem ser encontradas no site oficial do museu (clique aqui para acessar).

Fonte: Academy Museum of Motion Pictures

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.