Uma droga que apaga lembranças ruins enquanto você dorme

Por Redação | 18 de Outubro de 2012 às 09h45
Hamster

Mais uma novidade no que diz respeito a descobertas que podem apagar nossa memória. Dessa vez, pesquisadores da Universidade de Stanford anunciaram que estão manipulando a memória de ratos medrosos.

O estudo envolve injeções químicas capazes de atuar no cérebro dos animais enquanto eles dormem, o que faz com que eles esqueçam seus medos. Os pesquisadores esperam que essa terapia baseada no sono amplie as opções para tratamentos pós-traumáticos.

Segundo informações do site PopSci, primeiro os pesquisadores condicionaram os ratos para que sintam medo de perfume de jasmim. Eles fazem isso administrando choques cada vez que o rato fareja esse cheiro. No dia seguinte, os ratos já mostram sinais característicos de medo quando sentem o cheiro no ambiente.

Depois, o grupo experimental recebeu um tratamento medicamentoso para bloquear a síntese de proteínas da amígdala basolateral, a parte do cérebro que os cientistas acreditam armazenar as más memórias. Antes de dormir, eles cheiraram mais uma vez o perfume de jasmim.

Quando acordaram, o medo tinha diminuído, mesmo quando os pesquisadores deixaram a gaiola no mesmo lugar onde inicialmente levavam o choque. Os resultados mostram que, com a administração da droga, as memórias de medo ficam menos propensas a ressurgir após a terapia.

Há pouco tempo, pesquisadores da Suécia também desenvolveram uma técnica para apagar lembranças emocionais, porém, ela funciona apenas com aquelas recentes no cérebro humano.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.