Torre é capaz de transformar poluição sonora das cidades em energia

Por Redação | 25 de Março de 2013 às 10h30

O ruído é uma das formas de poluição que mais encontramos nas grandes cidades, mas um grupo de designers conseguiu enxergar além do incômodo e stress gerado por ele. O projeto, batizado de 'Soundcraper', captura o som no ar e depois o converte em energia utilizável. As vibrações da poluição sonora podem oferecer energia abundante, e podem ser transferidas por muitos meios, tornando essa forma de energia cinética muito útil. A criação é assinada pelos designers franceses Julien Bourgeois, Olivier Colliez, Savinien de Pizzol, Cédric Dounval e Romain Grouselle.

Para colocar a ideia em prática, a revista eVolo explica que uma torre de 100 metros de altura foi projetada para ser instalada próximo a autoestradas e rodovias, onde a poluição sonora dos veículos é maior e pode gerar maior produção de energia.

A fachada desse arranha-céu é evolutiva e vibra de acordo com a intensidade e direção dos ruídos urbanos. Cílios com sensores de som recobrem a estrutura e proporcionam a máxima exposição aos ruídos. A tecnologia é capaz de cobrir um amplo espectro de frequências, incluindo ruídos de veículos, de pedestres, construções e até mesmo de aeronaves que atravessam o céu da região.

Com base em resultados de pesquisas científicas, uma torre dessas poderia produzir até 150MW/h, representando, por exemplo, 10% do consumo da iluminação urbana de Los Angeles (EUA). Ao mesmo tempo, essa energia renovável poderia ajudar a reduzir as emissões de CO2.

Soundscraper

Imagem: eVolo

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.