Novo recorde no teletransporte: características são transportadas por 143 km

Por Redação | 14 de Setembro de 2012 às 11h00

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu um novo recorde mundial de teletransporte quântico. Eles reproduziram as características de um fóton para outro a uma distância de 143 km ao ar livre.

O feito aconteceu nas Ilhas Canárias, dentro das instalações da Agência Espacial Europeia, que financiou o projeto. O estudo foi publicado na revista Nature.

O novo recorde mundial foi obtido em maio, mas ainda não havia vindo a público até agora. Para os cientistas, agora vem o próximo passo, que seria realizar o teletransporte quântico de um satélite em órbita, para demonstrar a comunicação quântica global.

Graças aos avanços no conhecimento da mecânica quântica, foi possível tornar o teletransporte concebível. Verificou-se que o estado quântico de um objeto - a sua estrutura mais simples - pode, em teoria, ser teleportado de um local para o outro sem se mover da sua posição original.

Estação Espacial Europeia

Estação Espacial nas Ilha Canárias (Foto: Reprodução / ElMundo)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.