Software produz vídeos jornalísticos sem a ajuda de seres humanos

Por Redação | 03 de Outubro de 2013 às 15h15

Em uma época em que as máquinas estão substituindo os seres humanos em diversas atividades, é bom ficar esperto! E se você acha que seu emprego está garantido apenas porque ele envolve algum tipo de processo criativo, você está enganado.

A automação de diversas ocupações já é possível graças a uma série de combinações tecnológicas, como o Big Data e sensores avançados, que dão aos robôs habilidades incríveis. Um bom exemplo do avanço da presença de máquinas em substituição a serviços realizados por humanos é a startup israelense Wochit.

Já vimos um software que é capaz de substituir jornalistas na hora de escrever e editar notícias, agora a Wochit está tentando fazer a mesma coisa com notícias em vídeo. Pode parecer um pouco assustador, mas na verdade você já pode até ter se deparado com algum trabalho criado pela startup e seus robôs em grandes portais, como o Yahoo!.

De acordo com o AllThingsD, o software da Wochit é capaz de pegar notícias pré-escritas por grandes agências, como a Reuters, por exemplo, e transformá-las em vídeos, reunindo um mix apropriado de imagens, clipes e narração. Os seres humanos precisam intervir em apenas dois momentos da criação: para moderar o vídeo criado pelo software e ver se os elementos estão no lugar certo e se eles são coerentes, e também para acertar a narração.

A startup afirma que o processo inteiro leva em média 10 minutos para ser concluído, o que permite que a empresa crie centenas de vídeos por dia. A cada dia que passa, os resultados são melhores, mas é claro que os vídeos não são dignos de uma produção mais detalhada e profunda realizada pelos seres humanos. Digamos que eles "quebram um galho". Confira o resultado de um dos vídeos produzidos pelos robôs da Wochit:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.