Serviço de streaming da Disney agora está disponível para iOS e Android

Por Redação | 04 de Novembro de 2014 às 14h12

A exclusividade do serviço de streaming da Disney com a Apple chegou ao fim. A empresa anunciou nesta terça-feira (4) o fechamento de uma parceria com o Google para trazer o Disney Movies Anywhere também para o Android, dando aos usuários do sistema operacional acesso a um catálogo com mais de 400 títulos, entre animações clássicas, filmes da Pixar e as produções dos heróis da Marvel.

Tudo funciona em torno da aquisição de longas. Caso você possua algum dos filmes disponíveis no serviço em DVD, Blu-ray ou outros serviços digitais, como a iTunes Store ou a Google Play, poderá fazer o streaming ou o download também pelo Disney Movies Anywhere, tendo acesso a eles de qualquer lugar e, agora, diretamente em seu celular ou tablet.

A biblioteca de títulos inclui desde filmes clássicos até recentes. Entre eles estão Guardiões da Galáxia, Malévola, Frozen: Uma Aventura Congelante, e os clássicos O Rei Leão, 101 Dálmatas, Toy Story e Cinderela. Boa parte deles conta também com material extra, trazendo especiais como making ofs e documentários como parte do pacote.

O Disney Movies Anywhere foi lançado em fevereiro como mais uma alternativa digital para seus clientes, marcando a entrada da companhia no mundo do streaming. Por enquanto, ainda não é possível pagar por uma assinatura do serviço, mas como comenta o CNET, a expansão de mercado pode significar que algo desse tipo pode acontecer em breve, da mesma forma como a HBO e o canal americano CBS estão prestes a fazer.

Além disso, claro, a parceria com o Google coloca a Disney no maior market share do mundo mobile. Como o app é bastante leve e funciona em uma variedade de dispositivos Android, boa parte dos usuários terão acesso aos serviços e poderão incrementar seus números de espectadores, tornando-os melhor posicionados no mercado.

Além dos próprios celulares e tablets, o Disney Movies Anywhere também passa a estar disponível no Chromecast, tendo integração imediata com o dispositivo de conteúdo do Google. Não se sabe também se a produtora está a bordo dos planos da empresa de se aventurar no mercado de TV digital, um rumor antigo que pode colocar a empresa concorrendo com grandes nomes como o Netflix - principalmente quando se leva em conta que muitos dos filmes do catálogo da empresa também estão presentes na plataforma.

No anúncio oficial, a Disney passou longe de tais especulações, afirmando apenas que a chegada do serviço ao Android é uma expansão natural de seus serviços. Para o diretor de tecnologia da empresa, Jamie Voris, se trata de uma ideia antiga, que se relaciona aos bons e velhos DVDs. Ao compra-los, o consumidor sabe que eles funcionam em qualquer aparelho e, agora, essa mesma lógica é extrapolada também para o serviço de streaming.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.