São Francisco, contribuintes poderão definir onde querem empregar seu imposto

Por Redação | 13 de Setembro de 2013 às 16h44

Teoricamente, os contribuintes são as melhores pessoas para decidir como o dinheiro público deve ser gasto, mas geralmente nós não temos oportunidade para expor nossas vontades – a não ser por meio do voto e da eleição de alguém que nos represente e faça o que achar melhor com essa verba. Mas uma iniciativa criada no Brasil vem ganhando espaço pelo mundo e promete mudar isso.

O chamado "Orçamento Participativo" não é exatamente uma novidade. Ele surgiu pela primeira vez em Porto Alegre (RS), em 1989. A ideia é que os cidadãos decidam a forma como o dinheiro será gasto a partir de uma lista de opções. Agora, São Francisco, na Califórnia, pretende ser a primeira cidade dos Estados Unidos a permitir que os cidadãos votem diretamente sobre o uso de parcelas do orçamento público por meio da internet.

Embora os detalhes do processo ainda não estejam claros, o plano é que cada distrito da cidade vote para decidir o destino de US$ 100 mil em despesas da região. Especialistas em cada assunto estarão disponíveis para esclarecer dúvidas online acerca dos investimentos.

Hollie Russon Gilman, um especialista em orçamento participativo que trabalhou na Casa Branca, explicou ao TechCrunch que essa experiência será um marco na democracia direta dos Estados Unidos. Lembrando que o Brasil é referência em relação à democracia, principalmente pelas características modernas de votação eletrônica, algo que ainda não é adotado por grandes cidades como Nova York e Chicago, por exemplo.

No Brasil, o orçamento participativo foi utilizado para reduzir as taxas de mortalidade infantil. O que aconteceu foi que as pessoas descobriram que boa parte das mortes de crianças estavam relacionadas a falta de atendimento médico em determinada região, e através do orçamento participativo conseguiram canalizar uma fração maior do seu orçamento total para os principais investimentos em serviços de saúde e saneamento.

Essa é uma maneira realmente inteligente de utilizar o crowdsourcing para tornar a política mais eficiente e realmente democrática. No caso de São Francisco, os detalhes do projeto devem ser revelados em breve.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.