Drone recordista de voo ininterrupto será atualizado e pode quebrar novo recorde

Por Redação | 19 de Novembro de 2014 às 09h30
photo_camera DiyDrones

Se você parar para pensar, um dos maiores desafios dos engenheiros que trabalham com aviões e outros meios de transporte aéreos é fazer com que esses veículos fiquem o maior tempo possível no ar. Afinal de contas, eles consomem uma grande quantidade de combustível e planejamento para voar, tornando viagens muito compridas realmente caras e trabalhosas.

Contudo, em 2010, o drone Zephyr realizou uma proeza que nenhum avião ou veículo mais pesado jamais alcançou: ele voou por duas semanas sem parar. Para alcançar o feito, os responsáveis pelo projeto utilizaram placas solares que alimentavam a bateria da máquina durante todo o dia e permitia que ele voasse durante a noite.

Estudo potencialmente promissor

A novidade sobre este assunto é o fato de que o Zephyr está ficando cada vez melhor. De acordo com as informações divulgadas pelo pessoal do site Telegraph, a Airbus, empresa responsável pela produção do drone em questão, afirmou que o produto está chegando a sua versão de número 8. A grande mudança é o corte do peso total pela metade, dando ainda mais autonomia para a máquina, graças a novas placas solares da espessura de uma folha de papel.

Há quem acredite que não se deve gastar os fundos de uma grande empresa em um drone que tem como única função ficar flutuando no ar. Contudo, o estudo dos painéis solares pode ser o primeiro passo para que no futuro tenhamos aviões com autonomia muito maior do que a atual, além de funcionarem apenas (ou em grande parte) com energia limpa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.