Curiosity perderá comunicação com a Terra durante os próximos 30 dias

Por Redação | 06 de Abril de 2013 às 14h19

Desde que começou sua jornada no Planeta Vermelho, em agosto do ano passado, essa é a primeira vez que a sonda Curiosity passará um tempo sozinha. Isso porque os cientistas da NASA estão enfrentando uma falha de comunicação com o robô.

Mas essa falha já era esperada, e tudo parece estar sob controle. A questão é, nos próximos dias, a Curiosity estará "tampada" pelo Sol (a partir da perspectiva da Terra). Como a Terra e Marte giram em torno do Sol, uma vez a cada 26 meses os dois planetas acabam em lados opostos da grande estrela em um evento conhecido como Conjunção Solar. Graças ao gigantesco tamanho do Sol, qualquer comunicação enviada entre os dois planetas fica frágil e pode facilmente ser interrompida.

Para evitar maiores riscos, ou até mesmo que o robô vá para a direção errada em Marte, a NASA optou por desativar as comunicações com a Curiosity no período em que o Sol está entre eles, algo que geralmente dura cerca de quatro semanas, de acordo com a própria Agência.

Para não perder o controle sobre a missão durante o período de "folga", os cientistas da NASA deram instruções antecipadamente para a Curiosity, o que irá mantê-la ocupada e trabalhando durante essas semanas. A Agência afirma ainda que a sonda pode acumular até 12GB de dados antes de fazer contato com a Terra novamente.

O pessoal do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA fez um vídeo explicando a quebra de sinal entre a Agência e os robôs durante uma Conjunção Solar. Confira:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.